1. Maldades Em Casa III (BDSM Por Soraia)


    Encontro: 29/12/2016, Categorias: Dominação, Incesto, Sadomasoquismo, Autor: rodrigosacana78, Fonte: CasadosContos

    Maldades Em Casa III (BDSM Por Soraia) Olá, queridos e queridas de todo o Brasil. Esta é a continuação da minha saga BDSM em família, sugiro que leiam os contos anteriores antes para entenderem tudo. Acordei mais cedo que os outros no dia seguinte, e tive umas idéias loucas, indo a cidade em uma sex shop, comprei uns apetrechos mais incrementados para fazer uma surpresa a nossa nova escrava auto declarada, a Sandra. Peguei uma coleira de couro com seu nome e duas vacas em cada lado, um vibrador preto enorme, de 22X6 cm e um brasão com um coração de ferro, essa seria a mais louca das aventuras da saga. Descobri também anéis penianos, de borracha, mais eficientes, segundo a dona da loja, seu nome é Viviane, uma tesuda que logo estará reservada a vocês. Pois bem, cheguei em casa as 14:00, e todos estavam na cozinha tomando café, sentei com a Sandra e os meninos, o Renato, meu filho, e o Lucas, irmão da Sandra. Leiam os contos e saberão direitinho de tudo. Mas então, lindos e lindas, a Sandra me disse estar muito dolorida, dei um beijo molhado nela e pedi que se preparasse, ainda durante o café pedi que todos tirassem suas roupas, inclusive eu tirei meu vestido, na verdade o Renato soltou a alça e ele caiu, eu estava tão tarada com os últimos fatos que sai comente de vestido, sem calcinha e sutiã, e fui muito notada na rua, rs... Com todos nus, peguei uma cordinha e perguntei: - Podemos começar, gente??? Já estou tesuda... - Claro, mamãe, o que você quiser hoje... A Sandra me ...
    viu pegar uma cordinha e estendeu as mãos de frente, eu amarrei cuidadosamente e dali mesmo sentei no seu colo, fazendo ela me dar um gostoso beijo e pedi aos meninos que pegassem a sacola, logo o Lucas me passou a coleira, ela começava a gemer só de olhar, coloquei nela com cuidado, não apertando muito, e engatei uma correntinha presa a ela, assim teria seu domínio próprio... Os meninos ficaram tesudos com os anéis, logo colocados, e eu ofereci a ela meus deliciosos seios: - Sandra, vamos começar pelo seu leite matinal... Extraia o máximo possível... Ali comecei a gemer, logo na cozinha, jamais tive os seios esvaziados pela manhã... rs... Vendo os meninos já pingando, comecei minha sacanagem com os dois, arrastei a cadeira e fiquei por trás dela, levantando suas pernas e deixando-as coladas aos seus seios, pedindo: - Queridos, fodam essa bucetinha logo de manhã, lubrifiquem ela pois temos muito trabalho hoje... O Renato enfiou primeiro, sem lubrificar nem nada, ela me pediu para cuspir antes, mas eu disse: - Quieta, vaquinha, já tem lubrificante na ponta do cacete dele... Ele começou fazendo ela gemer de dor, e o Lucas veio engatando em mim por trás, que coisa tesuda, estávamos os quatro engatados quando reparei o Carlos olhando pela janela, ninguém mais viu, fiz sinal de silêncio e pedi que fosse, depois chamaria ele... O Renato esporrou dentro dela, desesperada gritando: - É muito leite, Soraia... E ela se virou tentando mamar meus seios, alcançando enquanto o Lucas se ...
«1234»