1. Aprendendo E Ensinando I (Por Claudia)


    Encontro: 25/12/2016, Categorias: Incesto, Grupal, Autor: rodrigosacana78, Fonte: CasadosContos

    Aprendendo E Ensinando I (Por Claudia) Boa noite a todos os leitores, descobri este site faz pouco tempo e gostaria de deixar meu relato através do meu amigo aqui presente. Meu nome é Claudia, tenho hoje 42 anos e um corpo realmente fabuloso, obra de uma educação alimentar rígida que aprendi a manter desde a adolescência. Sou loira, baixa e magra, mas com o corpo extremamente definido, tenho dois filhos, a Mariana, com 19 anos e muito tesuda, morena mais alta e com corpo muito bem cuidado também, seios siliconados e bem putinha pelas aventuras que sei, e o Sergio, esse com 20, branco e alto, como um modelo, cara de amante sacana e realmente sacana. Mas não esperava nada do que aconteceu nos últimos meses e me surpreendeu de forma muito positiva, a primeira vou contar aqui. Somos de uma família bem abastada, perdi meu marido quando eu tinha apenas 35 anos, e de lá para cá me dediquei a cuidar dos meus filhos e da empresa, não deixando a peteca cair. Tive poucos casos, nenhum digno de confiança, e no ultimo ano acho que tinha trepado umas quatro vezes, duas delas com estagiários da minha empresa. Bem, a princípio faríamos uma comemoração pelo aniversário do meu filho, o Sergio, que chamou três amigos dele, o Gustavo, o Adriano e o Paulo, todos sacanas como ele e na mesma faixa de idade, que tem poucos amigos mesmo, e ficamos então eu e a Mariana com os preparativos, e até aí tudo bem, e enfim a festa que deveria ser discreta começou, como todo jovem na idade de faculdade, ...
    bebendo e fumando tudo, a zona era geral, e confesso que acabei me excedendo na bebida também, por fim estávamos todos chapados, e comigo sentada ali na mesa com os mais novos, não me vi como uma mulher de 42 anos, mãe de dois filhos, me sentia naturalmente enturmada com todos, quando o Adriano teve a idéia fabulosa de jogarmos a verdade, logo a Mariana se manifestando: - Mas com a mamãe não, isso não vale!!! Eu fiquei curiosa, e notando o olhar muito sacana do Adriano nas minhas pernocas, falei: - Mas qual o problema, gente??? Se eu estiver incomodando, saio de boa!!! O Sergio olhava com vergonha e aquela típica expressão de que algo não vai dar certo, quando o Gustavo foi à mochila e pegou vários baseados, o que era uma revelação para mim, não pelo fato de eu não fumar, pelo contrário, por eles jamais terem me falado, e aí pegou fogo mesmo. Estavam os meninos de sunga, e eu e a Mariana de biquíni, seus seios indecentes quase pulando fora da roupa, e eu mesma decidi colocar lenha: - Vamos logo, Gustavo, o meu grande!!! Ele preparou e fumamos, tínhamos um tempo de 15 minutos quando as perguntas seriam feitas, e combinamos, já com o efeito de vodka e outras mil coisas, de falar a verdade tirando nos dedos e contando a vitima, quando o Paulo disse: - Quem não falar a verdade tira uma peça de roupa... Eu ri e topei, meu filho parecia não esboçar nada contra, e decidi levar até onde desse essa loucura, mas confesso que já molhando pela graça da situação, começando a fantasiar eu ...
«1234»