1. No ônibus


    Encontro: 21/12/2017, Categorias: Heterossexual, Autor: pers, Fonte: ContoEroticoComBr

    Ola me chamo Paula, tenho 45 anos, 1,68 de altura, 70 Kg,sou casada, esta história aconteceu a muitos anos atrás, iria viajar a passeio para outra cidade onde morava uns tios meus. Então peguei o ônibus lá pelas 22:00 hrs e como era noite e queria tranquilidade resolvi sentar lá no ultimo banco e como sempre faço quando viajo e como era inverno estava com uma coberta para me cobrir. Quando eu vi entrou um conhecido, o Sandro, (fictício)e sentou do meu lado, então começamos a conversar como a viagem era longa ficamos ali batendo papo então ele começou a dizer que estava brigado com sua namorada e que estava já a um mês sem ficar com uma mulher, e que me achava uma gata, essas coisas. eu estava também em falta pois era solteira e havia terminado um namoro a uns 3 meses ficamos ali então conversando até que ele me deu um beijo na boca. Na hora me assustei e perguntei porque ele tinha feito aquilo pois eramos apenas amigos. Ele então perguntou se eu não tinha gostado e pediu desculpas por ter me beijado. Então eu falei, tudo bem, e ele veio de novo e me segurou a cabeça e me deu um beijão. Nós dois ali naquele ônibus todas as luzes apagadas para o pessoal dormir e nós lá no ultimo banco. Então ele perguntou se podia pegar um pedaço do cobertor para se cobrir também. Eu disse que claro e dividi com ele a coberta. Aí ele viu que eu também estava a fim e começou a me beijar de novo e me apalpando os seios. até que colocou uma mão por baixo do meu blusão e pegou neles me deixando ...
    toda arrepiada. Então eu também comecei a fazer carinho nele e levei a mão até suas pernas, ele estava vestido com um abrigo, então pude sentir aquele pau duro dentro da calça. Como o abrigo é folgado pude colocar a mão por dentro e começar a massagear o pau, sentia ele todo babado já. Então olhei pra ver se ninguém estava olhando mas só havia passageiros alguns bancos a frente e estavam todos dormindo, então tirei o pau dele pra fora e mandei ele ficar cuidando se não viria ninguém entrei pra baixo da coberta e comecei a chupar a cabecinha, ele dizia tu é louca alguém pode ver. Eu disse se vier alguém tu me avisa e fui baixando até conseguir chupar enfiando todinho o pau na boca. Quando ele falou que iria gozar parei e disse que queria também ser comida. Com cuidado então tirei minha calça ficando de ladinho ele veio então e meteu o cacete todo em mim, ficamos ali de ladinho, aproveitando o balanço do ônibus, ficou metendo mais um pouquinho e me agarrando os peitinhos como adoro que façam. Comecei a gozar e queria gritar e gemer mas tive que me conter pois certamente alguém ouviria. Ele falou que estava quase gozando então fiz com que ele tirasse da buceta e voltei para baixo da coberta começando a chupar de novo, até que senti ele gozando, era muita porra mas consegui engolir a maior parte, e o restinho me escorria na boca. Deixei o pau dele limpinho, e voltei a sentar no banco. Ele me olhou e viu que havia porra ainda pelo meu queijo e boca e me deu um pano pra eu limpar. ...
«12»