1. As esposas também conversam sobre seus casos!


    Encontro: 21/12/2017, Categorias: Incesto, Autor: kaplan, Fonte: ContoEroticoComBr

    (escrito por Meg) No clube que frequentamos acontecia algo muito comum. Os maridos se encontravam no futebol e depois iam tomar suas cervejas e falar o que bem entendessem. Tanto eu incomodei o Kaplan para saber do que eles falavam que ele, finalmente, me disse que falavam de muita coisa, inclusive de casos sexuais, mas sem nunca citar nomes. Conversei com minhas amigas de lá e resolvemos fazer a mesma coisa. Dessa forma, em um sábado, quando eles estavam num papo animadíssimo, nos reunimos e começamos a trocar ideias. Eu sugeri que cada uma contasse algo “diferente” que já havia vivido em termos sexuais, seja com o marido ou com namorados ou amantes. A principio, aquele silêncio. Mas a Maria Luisa resolveu encarar. Antes, fizemos uma promessa de que nada que disséssemos poderia sair dali. Ela nos contou assim, meio que envergonhada, que já tivera uma experiência bissexual. Tinha sido com uma colega de faculdade. Eram muito amigas e num dia em que estavam as duas na casa dessa amiga, para estudar, na parte da tarde, depois do almoço ficaram as duas sozinhas, a amiga a chamou para o quarto e elas ficaram na cama, conversando um pouco, falando de colegas, de professores, rindo muito. E acabaram ficando com os corpos muito próximos e essa amiga dela confessou que não a considerava apenas amiga, era apaixonada por ela. – Gente, eu nunca tinha ouvido isso de uma amiga. Levei um susto danado, mas ao mesmo tempo muito curiosa. E perguntei prá ela o que ela pretendia. E ela me disse ...
    que queria me amar, me dar muito prazer. Aquilo me excitou tanto, que eu só balbuciei: Então faça! E ela então fez. Tirou a blusa e tirou a minha também. Sempre sorrindo, com um carinho muito grande, pegou em meus seios, me beijou nos biquinhos. Fiquei com um tesão enorme. Era a primeira vez que me acontecia aquilo e eu estava alucinada, adorando tudo. Depois de me deixar alucinada, ela tirou minha calcinha, não tirou minha saia não, só a levantou e ficou atrás de mim e me chupou. Quase fui à loucura! Confesso a vocês, tive muitos namorados, casei, mas homem nenhum me chupou igual a minha amiga.E ela deitou na cama e me pôs numa posição que eu pensei que ela queria fazer um 69 comigo. Mas eu não sabia o que fazer. Ela não se importou. Continuou a me chupar e depois nos sentamos de frente uma para a outra e ela me beijou. Aff! Que beijo mais doce! E aí eu correspondi, beijei-a também. Foi isso. Espero não ter escandalizado vocês! – Mas foi só isso? Nunca mais tiveram nada? – Claro que tivemos! Até hoje temos! Ela mora sozinha e de vez em quando eu passo as tardes com ela. E continua lindo como sempre! Roberta fez um gesto que queria falar. – Gente, eu vou aproveitar que a Ana falou sobre isso, porque o que tenho para contar é o mesmo lance, uma experiência bi sensacional! Também não vou dizer o nome da amiga, mesmo porque várias de vocês a conhecem. Eu já era noiva. E ela me convidou para passar um sábado com ela no sítio da família. Eu já tinha ido lá outras vezes, sabia que ...
«1234»