1. CADELA ADESTRADA DO VELHO PARTE II


    Encontro: 20/12/2017, Categorias: Heterossexual, Autor: dessa16, Fonte: ContoErotico

    Olá pessoal, Sou a Júlia e vou dar continuidade a minha história de como virei a cadela adestrada do velho... Bom depois da segunda feira que fui fodida a tarde inteira e de todas as maneiras, gozando diversas vezes na casa do seu Gerson, agora meu Senhor, meu macho, meu dono... Eu passei o resto daquela semana indo todos os dias depois do cursinho direto para a casa dele e sempre com o mesmo ritual, entrava já ficava peladinha e ia engatinhando até ele pra chupar a pica dele... Ele adorava um boquete e eu adorava chupar aquela vara grande e grossa... E depois, é claro, ter minha bucetinha e meu rabinho atolados por ela... Mas vou contar para vcs a surpresa que ele me preparou naquela sexta feira, que seria a primeira sexta do poker dos velhos lá em casa e que eu já era a cadelinha daquele velho pauzudo... Bom, fui até a casa dele como nos outros dias, entrei fiquei peladinha, fui de 4 até ele e coloquei a vara dela na boquinha, mamei com gosto e ele comeu minha bucetinha e depois meu cú, enchendo ele de porra... Gozei umas duas vezes... Ele então disse que tinhamos que tomar banho e ficar limpinhos pq ele tinha uma surpresa para mim... Eu fiquei empolgada e excitada... Ele então me disse “Levanta e vamos para o banheiro, minha cadelinha” e eu respondi “Sim, senhor!”, me levantei, levei um tapa na bunda (ele adora bater na minha bunda e ver ela toda vermelinha) e fomos... Quando cheguei no banheiro ele disse “Vá para baixo da pía, que vou fazer minha barba antes...”, ...
    prontamente fui para onde meu Senhor mandou... Ele parou na frente do espelho e mandou eu mamar o pau dele enquanto ele fazia a barba... Eu obediente como sempre cai de boca na pica... E ficamos assim, eu mamando e ele fazendo a barba por uns 15 min até ele terminar a barba e gozar na minha boquinha... Mandou eu me levantar e ir para o box que iamos tomar banho... Entramos e ele foi super carinhoso, me lavou... Esfregou bem minha xaninha e meus peitos, foi uma delícia... Terminamos o banho, nos secamos e fomos para o quarto dele... Eu estava achando um pouco estranho, pois eram mais ou menos umas 14h e o jogo na minha casa com os velhos era só as 20h e já estavamos limpinhos... Foi aí que começou a ficar clara a situação, pois ao chegarmos no quarto o seu Gerson foi até o armário e pegou uma sacola e disse que tinha um presente para a cadelinha dele... Eu fiquei ansiosa... Ele então mandou eu ficar de 4 na cama dele, eu fiz rapidamente... Ele abriu a sacola e tirou algumas coisas... Eu só escutei, pois estava de costas... Ele chegou perto de mim e disse “A minha putinha pode abrir o rabo para o seu dono”, eu abri e ele enfiou um plug anal que na parte que fica de fora do cú simula um rabo de cachorro... Ele olhou e disse “Agora sim, minha cadelinha está devidamente identificada”... Voltou a sacola e trouxe uma coleira de couro com uma plaquinha dourada escrita “Jú cadelinha” e colocou no meu pescoço... Prendeu uma guia a ela e disse “Pronto, agora vamos andar até a sala da televisão, ...
«123»