1. Uma noite dessas…


    Encontro: 20/12/2017, Categorias: Com Fotos, Lésbicas, Autor: Lily amorosa, Fonte: ContoEroticoComBr

    ( Fotos retiradas da web. Sem creditos. Teclado e computador, nao formatado para portugues, fiz o melhor que pude) Chego em casa e ao abrir a porta sinto um cheiro de vela com maça e canela no ar, aqui tudo escuro mas ao olhar em direção ao quarto as luzes aconchegantes das velas já mostram o caminho de onde uma musica suave e sensual embala a mulher mais linda que conheço intimamente. Ela tem pouco mais de 1.60 de altura, uma pele macia e morena como uma tarde de verão. Cabelos castanhos que lhe caem pelos ombros como se num esforço para esticar-se ate os seus seios. Estes são pequenos mas firmes e deliciosos como uma fruta exótica que você encontra somente nas melhores delicatessen. Ela esta de costas compenetrada em seus pensamentos que são únicos, cheios de sensibilidade e criatividade e ainda com olhos fechados e embalada pela musica, ela toca seus lábios carnudos e tenros a taça de vinho vermelho-sangue-paixão-amor. Que inveja dessa taça que recebe essa boca antes que a minha… eu apresso em despir-me, sem interrompe-la e me preparo para esse banquete carnal. Capricho em cada detalhe para que ao percorrer o meu corpo e minhas curvas ela sinta o meu perfume favorito e este fixe em sua memoria mais intima, especial e feliz, comigo. Voltei para o quarto e ela ainda esta de pé. Abracei-a por trás e fiquei mordiscando o seu pescoço pois adoro vê-la arrepiar-se, encosto meu corpo no dela e deixo meus seios fartos e mamilos já rijos tocando suas costas de pele sedosa com uma ...
    pétala de flor. Ela ou seus cabelos exalam um perfume inebriante e avassalador, que escraviza meu juízo. Me entrego e com muita admiração deixo minhas mãos acariciarem seus seios deliciosos e deslizo-as pela barriga seca e super torneada que ela mantem com muito esforço. Controlo minha vontade de descer meus dedos diretamente ao ponto e dali sigo para me perder mais ao lado, na sua cintura que eh fina mas totalmente proporcional ao seu corpo petit-gostoso, delicioso, saboroso feito uma pera. Por um segundo, num instinto quase animal, a seguro pela cintura muito forte e a puxo contra meu corpo como se tivesse um pau e pudesse foder ela gostoso, metendo assim por trás. Preciso urgentemente fazer este movimento de dominação e total sedução do vai-e-vem prazeroso, mais normal em uma transa hétero. 1, 2, 3, 4!!! Estocadas certeiras. Com os olhos fechados em minha fantasia quero que esse pau imaginário invada sua buceta ou num devaneio mais selvagem seu cuzinho. Sinto meu coração palpitando e um gozo psicológico. Agora com os olhos bem abertos observo esse monumento em minhas mãos e volto a concentrar-me em outras áreas. Coloco minha mão esquerda em sua boca e deixo bem babada e agora sim desço ela para aquela buceta deliciosa. Na frente em movimentos circulares sobre seu clítoris, que eh sempre muito proeminente e sinto que ela já estava muito molhada, o que faz minha cabeça dar voltas e meu corpo quase explodir de tesão. Me controlo pois agora ela esta querendo que eu vá adiante e ...
«123»