1. MY SIN - 2


    Encontro: 19/12/2017, Categorias: castigo, Briga, Quinn, irmão, Amigas, Passado, Lésbicas, Gays / Homossexual, Autor: Publeray, Fonte: CasadosContos

    POV ASHELEY -Meu nome e Quinn. -Sorriu pra mim arrumando o vestido que com a queda havia amarrotado. -Eu sou Asheley. -Devolvi o sorrido percebendo o quanto a ruivinha era bonita e ouvindo Vick torci seco para achar a atenção. -E essa e a Vick. -Apontei a morena que tinha cara de poucos amigos. -Victoria pra você. -Falou fuzilando a garota com os olhos me fazendo levantar as sobrancelhas. -Um prazer te conhecer Victoria. -Mordeu o lábio inferior sem jeito. -Tenho que ir Asheley, a gente se ver por aí. -Vê se não me atropela da próxima. -Observei ela sorrir divertida e piscar pra mim e se afastar. Senti minhas costas queimarem com o olhar de Vick, e me virei encontrando uma morena muito irritada de cenho franzido me olhando. -O que foi? -Coloquei minha franja atrás da orelha e olhei em volta procurando meu irmão que logo encontrei vindo em nossa direção segurando Bob pela coleira. -Nada. -Mentiu, ela sempre mente horrívelmente. -Ainda vai embora? -Podemos ir na sorveteria agora Vick. -Drew me olhou sério e sorriu para Victoria. -Vou. -Respondi a pergunta dela. -Preciso dormir, eu acho. Me afastei sem deixar ela protestar. Só Deus sabe o quanto e irritante ver ela perdidamente apaixonada pelo meu irmão. Parei em frente minha casa antes de entrar olhando o correio, minha casa era de dois andares com uma varanda na frente no andar de baixo que dava vista para um grande quintal na frente dela com várias flores de diversas cores compondo um jardim. Após pegar as cartas entrei na ...
    casa que pelo horário estava vazia, meus pais só chegariam 22 da noite, eles tinham ido visitar a nova casa do meu tio Hoto e sua noiva Candice. -Hey Veludinha. -Abaixei pegando minha gata cinza que tinha um pelo que lembrava o veludo após colocar as cartas na mesa. -Cade sua mãe? Aquela gata veia não para em casa. Coloquei ela no chão de madeira escura e fui para sala e sentei no sofá branco, ligando a TV que ficava bem a frente do sofá. -Minha mãe me mataria se me visse com o pé no sofá. -Refleti trocando os canais a procura de algo bom. De tanto procurar acabei dormindo no sofá. ** Um líquido molhado com cheiro de uva caiu no meu rosto me fazendo pular do sofá assustada e me deparar com meu irmão rindo feito retardado com o copo na mão e Jhon ao seu lado, um garoto moreno que vivia na cola de Drew como uma sombra. -Seu retardado. -Voei pra cima dele o derrubando no chão e acertando um belo soco no olho dele. -Aí meu olho! -Falou colocando a mão esquerda no olho direito. -Me ajuda Jhon! -Eu.. -O garoto me olhou com medo dando tempo para que eu socasse o olho esquerdo do meu irmão. -Eu devia quebrar seu nariz idiota. -Levantei de cima dele. -Você manchou o sofá da minha mãe! -Olhei a mancha roxa que o suco havia feito. -Jhon você e um inútil. -Drew o empurrou tentando me olhar com os olhos lacrimejando por causa do soco ou por causa da dor, ou ambos. Revirei os olhos e subi a escada indo em direção ao meu quarto. Até parece que Jhon poderia fazer algo, semana passada fiz ele ...
«12»