1. Príncipe Impossível | Cap. 35


    Encontro: 17/12/2017, Categorias: Grisalho, Oral, esperma, Sexo, Mistério, Drama, Paixão, Amor, Príncipe, proibido, segredo, mudança, Vida, Romance, Detetive, INVESTIGAÇÃO, fofo, homem, Beijo, aeroporto, Série, Traição / Corno, chefe, Amizade, EUA, Namoro, Erotismo, romantismo, crime, Virgem, advogado, médico, barba, Hospital, Empresa, apartamento, Estupro, serial Killer, estuprador em série, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: The Sculptor ✟, Fonte: CasadosContos

    CAIXA DE PANDORA | capítulo trinta e cinco Os machucados de Stephanie foram superficiais e ela precisou levar só dois pontos na testa e um remédio desconfortante no braço. Fora isso ela estava bem. Nós tínhamos certeza disso porque Gray fez todo o tipo de exame na filha mesmo sem precisar. Entendo a preocupação dele e nenhum de nós tentou impedir. Gray se sentia muito mal pelo o que tinha acontecido e com certeza se sentia culpado. Se ele precisava desses exames nenhum de nós iria atrapalhá-lo. - ela está ótima – falou Gray olhando alguns raios x que tinha ela tinha feito – não ouve nada sério e ela não quebrou nenhum osso. - que bom né filha? – falou Morgan consolando a filha que parecia estar bem melhor. Estava até sorrindo. - isso é ótimo – falou Gray sorrindo e guardando os exames. - vamos para casa? – perguntou Morgan. - posso falar com você? – perguntou Gray para Morgan. - pode ir – falou Jake – o tio Jake vai ficar cuidando dela. Gray, Morgan e eu saímos do consultório deixando Holly e Jake com Stephanie. - O que é Gray? Tem algo de errado? – perguntou Morgan preocupada. - não. ela está bem. Só queria te perguntar se eu posso leva-la pra minha casa hoje. Sei que eu tenho os fins de semana, mas ela precisa de mim. - é claro Gray – falou Morgan – pode levar. Ela vai gostar de passar um tempo com você. - será que você pode trazer Vincent também? – perguntou Gray como se implorasse a Morgan – eles precisam saber que eu ainda os amo. - não precisa pedir de novo – falou ...
    Morgan – pode levar Stephanie e assim que chegar em casa eu vou dispensar a babá e levar Vincent você. - Leve-o para nossa antiga casa – falou Gray olhando para Morgan se referindo a casa que eles viveram por onze anos que é a casa em que Gray morava atualmente – O apartamento de Griffin só tem um quarto e além do mais eles vão preferir dormir em um lugar ao qual estão acostumados. - tudo bem – falou Morgan cedendo. Gray abriu a porta do consultório e foi até Stephanie. - vamos pra casa? – perguntou ele pegando a filha nos braços. - vamos – falou ela mais alegre. - você quer ir com o papai? - quero sim – falou ela abraçando Gray. - então vamos – falou ele caminhando para fora do consultório. Já de fora do hospital todos nós nos despedimos. Jake e Morgan foram embora buscar Vincent e Holly se foi em seu carro. Entrei no carro sentando no banco do carona e esperei por Gray que deu a volta e colocou a filha no banco de trás e em seguida colocou o sinto de segurança. Gray entrou no carro e deu partida seguindo para sua antiga casa. Todo esse tempo que estou com Gray e eu nunca tinha ido a essa casa. Tudo o que eu sabia é que ficava próximo a praia. Gray estava curiosamente em silêncio. Ele nem olhou nos meus olhos depois do que soube o que houve com a filha. Ele estava mesmo chateado com o acontecimento. Seguimos viagem até a casa de Gray e percebi que o lugar era familiar. Antes que minha ficha caísse Gray estacionou o carro. Percebi que estávamos em frente ao meu prédio. - porque ...
«1234...8»