1. A punição de Jennifer – parte 1


    Encontro: 16/12/2017, Categorias: Sadomasoquismo, Autor: karlinha6699, Fonte: ContoEroticoComBr

    Olá, meu nome é Karla, tenho 35 anos, sou lésbica, e o que vou contar é real e aconteceu há algum tempo, e não consigo tirá-lo da cabeça. Foi tudo muito inesperado pra mim, pra Jennifer e pras outras mulheres que participaram, e espero que meu relato te excite tanto quanto me excitou. A Jennifer em questão é uma putinha gostosa mas metida que trabalhava na seção em que sou gerente, de uma firma de despachos aduaneiros. Ela tem 19 anos, loirinha e um corpo de dar inveja a qualquer mulher, e fazer os bestas dos marmanjos babarem. Ela sabe que é gostosa, e sempre abusa das roupas mais colantes, pra chamar atenção, mesmo. Ela me deixava desconcertada, e logo percebeu isso. Nunca cumpria minhas ordens, vivia no celular, saía mais cedo do trabalho sem avisar… enfim, se utilizava do seu poder de dominação comigo e, também, do fato de ter sido contratada naquele velho esquema Q.I. (quem indica), mas não vou entrar em detalhes sobre isso. No sábado tinha uma reunião do meu departamento, pra explicar novos procedimentos de logística (um verdadeiro porre!). Oito da manhã já estavam lá eu e as outras quatro moças da seção, mas claro que nem sinal da Jennifer. Já passava das dez quando ela chegou, e claro que as meninas a olharam com raiva. Pra deixar claro, a Jennifer nunca foi querida por todas nem fazia questão de ser. Ficou lá, como sempre, mexendo no celular, enquanto a chefe otária aqui falava, falava, falava… Quando fizemos uma pausa, mais tarde, saí pra fumar. Quando voltei, pra ...
    minha surpresa, as meninas estavam rodeando a Jennifer, rindo e falando em cochichos. Como ela tinha virado popular, de uma hora pra outra? Quando me aproximei, as funcionárias se dispersaram. Só Jennifer continuou no mesmo lugar, sentada, e se mexendo como se tivesse tendo espasmos. Saquei na hora do que se tratava, ainda mais porque notei seus mamilos bem enrijecidos por trás daquela blusinha minúscula branca. E os bicos daqueles seios grandes e redondinhos, que eu pensava serem siliconados, já ficavam ressaltados por causa dos piercings. Mandei ela parar com aquilo, mas naquele momento ela já tava gozando e mal conseguia me olhar e parar de se mexer. Aquilo me irritou tanto que eu a agarrei pela blusa, daquele jeito que se faz quando se vai bater em alguém, trazendo-a ao meu encontro. Perguntei se ela tava me gozando, e ela fez que não com a cabeça. Então respondi que ela era a gozada ali, e as funcionárias riram baixinho. Agarrei ainda mais a blusa da Jennifer, e percebi que as outras meninas começaram a cochichar. Quando olhei pra elas, vi que a atenção estava toda nos seios da Jennifer. Olhei pra baixo e vi que meu movimento tinha levantado a blusinha dela e deixado aqueles lindos peitos a mostra. A verdade é que eu queria cair de boca neles, mas se eu fizesse isso perderia toda a autoridade diante das outras, então o que fiz agarrar o piercing do peito direito e retorcê-lo. Jennifer tentava me conter, mas tava tão mole pela masturbação contínua que mal conseguia ter ...
«1234»