1. Tpoía XVII


    Encontro: 14/12/2017, Categorias: Sexo, Romance, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Gui's, Fonte: CasadosContos

    Heitor: em poucos dias eu serei o rei , e gostaria de lhe pedir algo , talvez eu esteja precipitando as coisas, mas é o que mais desejei em toda minha vida. Gani você aceita se casar comigo? Ganimedes: Heitor eu... Heitor: não a necessidade que responda agora apenas pense, eu sei que é cedo e o luto pelo meu irmão ainda não acabou, e infelizmente as pessoas falam Ganimedes: pensarei, prometo, e obrigado por compreender , bom eu tenho umas coisas para fazer se me der licença Heitor: só se me der mais um beijo Ganimedes: você não tem jeito, pronto Heitor: no rosto? Ganimedes: até mais tarde Heitor Contei para Berenice e minha mãe Berenice: eu realmente não sei o que falar, faz dois meses que Teseu faleceu Ganimedes: eu ainda o sinto perto de mim, até seu cheiro no travesseiro Olympia: meu querido é normal, você o amava muito, se eu falar para você que vai esquece-lo estaria mentindo, a dor passa mas a lembrança sempre vai ficar aí , dentro do seu coraçãozinho Berenice: verdade querido, mas o que sente por Heitor Ganimedes: é difícil falar isso mas acho, tenho certeza na verdade sinto um carinho especial por ele Olympia: de essa chance a vocês dois , afinal Teseu gostaria de vê-lo feliz, e eu também Ganimedes: obrigado mãe Olympia: pode ser prudente esperar mais um pouco, para evitar falatórios Berenice: verdade Ganimedes : mesmo sentindo isso, não sei se estou preparado para me casar assim tão rápido, seria melhor eu me afastar de tudo isso , me sinto errado quase sujo ...
    Olympia: bobagem querido, você nunca traiu Teseu, não tem que se sentir assim Ganimedes: bobagem ou não, fico cismado Berenice: com o que? O cerco a cidade acabou agora tudo vai voltar ao normal Nesse momento uma rajada de vento invadiu meus aposentos , fazendo as cortinas balançarem e um vaso cair no chão Ganimedes: mãe! Olympia: vai acontecer alguma coisa Berenice: que os Deuses nos protejam Mandou me chamar pai? Ectório: sim entre filho Heitor: o que o senhor precisa? Ectório: na verdade gostaria de confirmar uma informação, é verdade que pediu Ganimedes em casamento? Heitor: nossa as notícias corem rápido Ectório: mais do que imagina Heitor: sim é verdade Ectório: e ele? Heitor: nada respondeu, nem sim, nem não , isso está me corroendo por dentro pai Ectório: Não acha que é um pouco cedo, Teseu acabou de morrer Heitor: eu preciso de contar uma coisa Ectório: diga então Heitor: antes de morrer Teseu me fez jurar que se algo acontecesse com ele eu cuidaria de Ganimedes e das crianças , ele sabia dos meus sentimentos para com Ganimedes Ectório: eu sei, ele havia me falado Heitor: mesmo assim pai me sinto culpado por amar e desejar Ganimedes Ectório: você respeitou seu irmão durante toda a vida, mas infelizmente ele já não está entre nós , não vejo motivos para que vocês não fiquem juntos Heitor: receio que o povo não aceitaria isso Ectório: meu filho uma das vantagens de ser o rei, é que não deve explicação a ninguém sobre sua vida, eu acho que posso fazer alguma coisa Heitor: o ...
«123»