1. Ultrapassando os Limites


    Encontro: 12/12/2017, Categorias: Exibicionismo, Autor: phvieira, Fonte: ContoErotico

    Olá a todos. Meu nome é Paulo Henrique e o que eu vou contar para vocês aconteceu no verão passado comigo e minha esposa. Na verdade, somos um casal normal sem muita coragem para fazer coisas muito ousadas, mas que fantasiamos muito na cama e temos, apesar dos quase dez anos de casados, um relacionamento muito quente.Muitas vezes fantasiamos ter outra pessoa conosco, mas nunca arriscamos, pois não queremos que nada dê errado entre a gente. Todavia, em uma de nossas viagens algo meio que saiu um pouco do controle.Antes de contar a história que nos ocorreu preciso falar um pouco da gente para ajudar a todos a imaginar a história.A minha esposa se chama Bruna, tem 1,68 de altura, pesa uns 65 quilos bem distribuídos. Tem olhos verdes e cabelos ruivos cacheados bem compridos. Entretanto o que ela tem de mais bonito é sem dúvida a bucetinha. Como é uma ruiva legítima, tem seus pelinhos todos dourados e em um formato de dar inveja. Usa eles bem aparadinhos, mas não lisinha. Como somos namorados desde a adolescência poucos tiveram o privilégio de ver essa beldade nua. Segundo ela somente eu e alguns médicos foram os sortudos de tê-la visto nua, mas depois desse verão incluímos mais um homem nessa lista seleta.Estávamos de férias e resolvemos passar uns dias na praia e então alugamos um local muito gostoso onde tem uns chalés bem confortáveis. Passamos dias agradáveis na praia com muito sossego e noites de muito sexo para não perder o costume.Um dia, estávamos voltando da praia ...
    depois de almoçarmos e ao passar pela recepção do chalé e presenciamos a conversa de um hóspede e a recepcionista. Ele havia feito a reserva do chalé, mas por alguma confusão a reserva não tinha sido efetivada. Em se tratar de período de alta temporada ele provavelmente não conseguiria outro local, pois todos os hotéis e pousadas estavam lotados. A moça da recepção comentou que se ele tivesse condições de aguardar por duas ou três horas ela poderia alugar um quarto pois uma família estava prestes a sair. Ele topou e ficou sentado na recepção aguardando pelo quarto vago.Ficamos alí também tomando um sorvete, pois estava muito calor e acabamos puxando papo com ele. O nome dele era Marcos e parecia muito educado. Moço alto, moreno claro, bem vestido, corpo malhado e bastante simpático. Curiosamente a Bruna havia tomado umas caipirinhas na praia e estava demasiadamente simpática também. Não que ela não seja, mas naquela tarde estava mais soltinha. Ficamos conversando um tempinho até que ele comentou que estava vindo de uma outra praia que havia achado muito linda e que tinha fotos. Ao tentar mostrar as fotos no celular percebeu que a bateria do celular havia acabado. Procurou em todo lugar na bolsa e percebeu que estava sem o carregador. Portanto, ficaria devendo de mostrar as fotos. Bruna, porém, propõe de forma inesperada que ele subisse até nosso quarto que ela emprestaria o carregador do celular para ele carregar um pouco a bateria. O rapaz educadamente negou, mas ela insistiu e ...
«1234...»