1. Bia com o Billy. Deu merda!!!


    Encontro: 30/11/2017, Categorias: Zoofilia, Autor: glaucorj1977, Fonte: ContoErotico

    Olá pessoal do contos!!! Se alguns aqui já leram meus contos e do meu pai já nos conhecem! Para aqueles que não me conhecem eu me chamo Bia e hoje tenho 18 anos e tudo que conto aconteceu faz uns 4 anos antes. Meu papai se chama Glauco e minha mamãezinha é Rita.Bem, hoje o que vou relatar aconteceu faz um tempinho, acho que 4 anos e envolve meu cãozinho Billy, um labrador de 1 ano de idade, muito dócil e que amo de paixão! Ele sempre me segue nos passeios pelo condomínio e é meu protetor.Mas vamos lá o que interessa, eu durmo somente com uma camisola curta mas as vezes uso um short e camiseta e nada mais porque durmo em meu quarto sozinha e não tenho ninguém pra incomodar, confesso que também me tocava algumas vezes nessa época. Todos os dias eu acordo com minha mamãe me chamando bem cedo pra se juntar ao papai na mesa do café e tomamos o café da manhã sempre juntos. Depois disso papai vai para o trabalho e mamãe geralmente vai na casa de alguma amiga ou sai pra fazer algum tipo de compra pra casa ou pra ela mesmo, mas nesse dia mamãe disse que meu primo viria aqui em casa mais tarde para nos fazer uma visita e ela foi comprar algo e fazer um almoço diferente.Eu aproveito o dia pra adiantar meu trabalho de casa e da escola, me sento em minha escrivaninha com Billy sempre deitado ao lado da mesa ou escondidinho lá embaixo dela. Em algumas vezes pra chamar minha atenção ele sempre fica empurrando meu pé com o focinho ou fica lambendo meus dedos e eu morro de rir com ele ...
    porque isso faz muitas cócegas.Enquanto escrevia o Billy ficou sentado em baixo da mesa e veio por a cabeça no meu colo de modo que ele ficasse entre minhas pernas e ficou fazendo uns gemidos pedindo carinho, então brincado com meu amiguinho eu disse pra ele: - O que foi meu amor, você tá querendo carinho né? Mas agora eu tenho meu trabalho de escola pra fazer!Realmente nesse dia estava muito diferente e ele estava muito mais carinho do que o normal, então ele subiu mais um pouco de modo que sua cabeça ficou na altura dos meus peitos e eu fiquei abraçado a ele com minhas pernas abertas em torno do seu corpo.Era uma sensação muito estranha porque eu nunca tinha visto Billy tão carente por carinho assim. Ele lambia meu rosto todo e até sentia sua língua entrar em minha boca mas aquilo pra mim não até então nada de mais porque quem tem cachorro ou gato sabe como é ter um bicho de estimação. Ainda sentada na cadeira da escrivaninha, Billy de modo estabanado e agitado joga suas patas em meus ombros e seu rabo fica sacudindo tanto que chega até a machucar minhas pernas com os ricochetes. - Que isso meu lindo, que agitação toda é essa hen? Você tá querendo carinho, é isso?Como já não conseguia terminar de fazer meus deveres então decidi dar mais atenção a Billy, tentei me levantar para brincar com ele no quarto mas ele não me deixou levantar. Ele empurrava seu corpo contra o meu e nisso minha camisola já estava na altura da cintura, sua barriga roçava em minhas pernas e também em minha ...
«123»