1. Menage inesperado


    Encontro: 21/11/2017, Categorias: Primas, Ninfetas, sexo à três, Menage a trois, Grupal, Autor: Nando Souza Mello, Fonte: CasadosContos

    Existem momentos em que a vida nos surpreende com experiências maravilhosas e inesperadas. Era somente mais uma quinta-feira nada especial no Rio de Janeiro. Havia chegado um dia antes, vindo diretamente de minha sala de trabalho em Brasília. Dormira no mesmo hotel de sempre e me encontrava na reunião (que já se tornara quinzenal) com a equipe que cuidava das atividades na capital fluminense. A reunião até que se desenrolava sem maiores problemas, mas a rotina do bate e volta já se tornava cansativa. Ainda mais com um belo dia ensolarado na “cidade maravilhosa” e eu preso dentro de um terno e com gravata num ambiente todo formal que, pelo menos, estava com ar condicionado. Por volta das 17 horas finda a reunião e o carro que me levaria para o aeroporto Santos Dumont já me aguardava. O embarque estava marcado para as 19 horas, o que não me deixava muita “área de manobra” para relaxar. No deslocamento para o aeroporto vejo algumas nuvens negras surgindo por trás do Pão de Açúcar, o que denunciava prováveis problemas. Como já passara por momentos parecidos, não me preocupava com a situação, pois já sabia como proceder. Chegada ao aeroporto, check-in e ida para a sala de embarque. Tudo como esperado. Só foi assentar próximo ao portão previsto para o embarque de meu voo e a chuva começa a cair, a princípio, de forma moderada. No meio da movimentação da sala de embarque vejo o que iria tornar este dia normal em uma deliciosa surpresa. De repente, duas morenas lindas chamam minha ...
    atenção com sorrisos cativantes e perguntam se os assentos em minha volta estavam ocupados. Eu estava assentado na cadeira do meio de uma sequência de três e não havia percebido. Após um pequeno lapso admirando aqueles sorrisos e tudo mais que os acompanhavam, peço desculpas e me assento à direita, deixando os dois assentos juntos para elas. Não sou nenhum “super-homem”, musculoso, extremamente sedutor e com um cacete quilométrico como relatado em outros contos. Contudo, sou simpático, procuro não ser sedentário, fazendo natação de duas a três vezes por semana e normalmente proporciono muito prazer para as garotas que vão comigo para a cama (nenhuma reclamou até hoje). Pergunto às duas se embarcarão para Brasília também, ao que sou respondido afirmativamente. Após uma rápida apresentação e algumas palavras trocadas, fiquei sabendo que as primas Sheila e Camila estavam de férias, passaram uma semana de muito sol e praia no Rio (estavam deliciosamente bronzeadas) e na verdade iriam somente passar por Brasília, onde outra prima as esperava, ficando até sexta, pois o objetivo é ir à Vila de São Jorge, em Alto Paraíso, para conhecerem a Chapada dos Veadeiros. Eram as férias inesquecíveis que as três primas haviam combinado fazer juntas. As primas eram lindas morenas. Sheila era a mais velha, mineirinha de 24 anos, estava com um vestido de alcinha cuja saia ia até um pouco acima dos joelhos. Com belos olhos cor de mel, sorriso largo e alvo, envolto em lábios carnudos que davam um tom ...
«1234...12»