1. Mãe, filha e genro, o triângulo perfeito! (parte dois)


    Encontro: 15/11/2017, Categorias: Grupal, Autor: kaplan, Fonte: ContoEroticoComBr

    (escrito por Kaplan) Lembram-se do casal Moacir e Nina, cuja mãe, Julieta, era parte integrante da vida sexual deles? Narrei isso no conto com igual nome, publicado há mais tempo. Volto agora com mais dois momentos do trio, cada vez mais interessantes. Nina e Julieta acabavam de chegar da academia, estavam de shortinho e camiseta, suadas. Julieta foi tomar banho em primeiro lugar. Nesse ínterim, Moacir chegou, abraçou Nina e comentou que ela estava “salgadinha”. E daí começaram a se beijar, ela arrancou a calça e a cueca dela, fez ele sentar no sofá, subiu, ajoelhou e começou um belo boquete. Julieta acabou o banho, colocou um roupão e saiu em direção à sala, para avisar Nina que o banheiro já estava liberado. Pegou os dois em plena ação, claro. – Ah! Seus safadinhos… começaram sem mim! Ou resolveram me abandonar de vez? – Que é isso, sogrinha! Imagina se iríamos te abandonar? Tira esse roupão e junte-se aos bons! Ele nem precisava ter falado, ela já estava tirando o roupão. Só de lingerie, ela ajoelhou do lado oposto ao que a filha estava e também foi fazer uma bela chupeta no pau do Moacir. Ele ficou só olhando as duas lambendo seu pau, enfiando nas bocas, olhando gulosamente para ele. Pararam e Julieta perguntou quem seria a primeira a ser comida. – Sogrinha, você está tão cheirosa… vai ser você! Colocou-a de quatro no sofá e meteu com vontade. Era sempre muito bom comer a sogrinha naquela posição. Comeu-a bastante, ouvindo os gemidos intensos que ela soltava. Mas a ...
    esposa reclamou seus direitos e ele teve de parar de comer a sogra para dar atenção à Nina, que também quis ser comida de cachorrinho. E ainda ficou com a cabeça no colo da mãe, que se excitava passando as mãos nos seios. Antes que Nina gozasse, Julieta fez questão de cavalgar o belo pau do genro. Sentou-se nele e ficou pulando, gemendo e ouvindo Nina gemer também porque ela não resistiu a ver e ficou se masturbando ali, ao lado deles. Julieta gozou e saiu de cima do Moacir, que aproveitou que Nina estava meio deitada de costas, enfiou o pau dentro dela e meteu de frente até a esposa gozar. Tirou o pau e deu para a sogra punhetá-lo até ele gozar na barriguinha da esposa. Nem preciso dizer que os três foram para o chuveiro, cada um dando banho no outro, banho repleto de beijos, amassos, chupadas. Era um trio realmente fantástico. Em outro dia, Julieta tinha saído e os dois estavam na maior ferveção no sofá. Já tinha rolado boquete, chupação de xotinha e Moacir estava comendo a esposa, quando Julieta chegou. – Gente, mas vocês não fazem outra coisa na vida a não ser trepar? – Sogrinha, melhor do que trepar com Nina só quando você está junto! – É um convite? – Não, é uma ordem! Dispa-se e venha! Julieta tirou a roupa e foi se juntar aos dois. Mais um boquete duplo, elas adoravam chupá-lo ao mesmo tempo. E ele, nem se fala! Depois da chupada, Nina se antecipou, sentando no pau do marido e pulando desenfreadamente. Julieta ficou ajoelhada ao lado, passando a mão nas bolas dele, nos ...
«12»