1. atendendo os pedidos especiais da esposa


    Encontro: 09/11/2017, Categorias: Travestis, Casal, Grupal, Autor: amigo, Fonte: CasadosContos

    Acostumado a sair com casais, conheci um casal onde a esposa foi me conhecer sozinha na primeira vez, claro, autorizada pelo maridão. No motel demos uma trepada gostosa e ela voltou correndo pra casa pra contar pra ele. Com a promessa de nos vermos de novo, o segundo encontro foi novamente só ela, só que desta vez, ela levou um notebook com câmera e posicionou de forma que o marido pudesse assistir pelo Skype, confortavelmente posicionado em seu escritório. Ele ia pedindo e eu ia fazendo. Até a hora que anunciei que iria comer o cú da safada e ele surtou do outro lado dizendo que não. Que o cú era só dele e que ela havia prometido que não liberaria. Mesmo com ele xingando do outro lado e prometendo bater nela quando chegasse em casa, tratei de enrabar a vadia e posicionei a cam bem pertinho pra ele ver o desempenho do meu pau indo e vindo naquele rabo. Ele estava muito puto da cara. Mas como viu que não tinha remédio, resolveu assistir calado e retomou sua punheta. Por fim, ela pediu para ele prestar a atenção, pois ele iria assistir algo que ela nuca fazia em casa, ou seja, tirou meu pau do cú e levou a boca. Ele ficou doido de tesão e ejaculou em seu escritório. Do outro lado, eu fiz o mesmo. Gozei na cara da esposa vagabunda. Recompostos, saímos do motel e novamente a promessa de uma terceira transa. Passados alguns meses, recebi uma mensagem do casal pedindo para me encontrar naquela tarde, mas que desta vez o marido iria participar e que eu deveria levar uma travesti ...
    para uma suruba com eles. Animado com a idéia, dei umas voltas por uma avenida conhecida da cidade por ser ponto de algumas bonecas. Parei aqui e ali, perguntando se uma ou outra atenderia um casal até que achei uma morena jambo que disse atender casal. Fui claro ao dizer que ela deveria foder a esposa ao que ela concordou. Ela tinha cabelos alisados, um par de peitos siliconados que não eram muito grandes. Uma bunda arrebitadinha, estava com um vestido sexy e muito cheirosa. Então pedi para ela mostrar sua ferramenta de trabalho e ela o fez. Exibiu seu pau que estava meia bomba mas ainda assim mostrava seu potencial. Segundo ela, media 17cm. Com ela no carro, rumei para o motel combinado. No caminho, a travesti alisou meu pau e perguntou se eu também iria comê-la ao que eu respondi que sim, pois o pacote completo incluía ela comendo a esposa e dando para mim e o marido. Então ela falou que como eu havia pedido para ela mostrar seu pau, eu deveria fazer o mesmo pois ela também estava curiosa já abrindo meu zíper e libertando meu pau que endureceu em suas mãos. Confesso que eu não esperava ter uma ereção causada por uma travesti. Tentando justificar minha curiosidade anterior, eu disse que tinha pedido para ver seu cacete pois era uma recomendação do casal, levar uma travesti pauzuda. Ela sorriu e disse que todos tem essa curiosidade e eu não seria diferente. Fiquei calado e ela entendeu como um sim e ergueu seu vestido e liberou sua pica da calcinha para que eu olhasse de novo. ...
«1234»