1. O coroa ofereceu a esposa e eu comi.


    Encontro: 12/10/2017, Categorias: Heterossexual, Oral, madura, Coroa, Infidelidade, Menage, destaque., Autor: Newton19, Fonte: CasadosContos

    Escrever contos, ler e comentar tem sido o maior barato. Me proporcionou a chance de viver aventuras muito loucas, como esta que aconteceu há pouco. Galera, troquei os nomes pra evitar tretas. Um casal fez contato, por ser da mesma cidade. Até aí nada demais. Falamos sobre nós, etc e tal. Pediram e eu mandei fotos. Só que nada deles mandarem. Quando pedi para conversarmos na cam, disseram que não tinham. Parei com eles. Recebi outras mensagens. Levei em banho maria, sem botar muita fé. Como insistiram, resolvi ser incisivo. Dei o numero do celular e pedi o deles, dizendo educadamente que sem o qual não haveria papo. Naquele mesmo dia ligaram. Passamos a conversar, porém, era sempre Max, o marido que ligava ou atendia. Eu insistia em falar com Priscila, a esposa e sempre tinha uma desculpa pra ela não conversar. Já estava grilado, achando que o cara era gay e estava com papo furado pra cima de mim. Nessa hora, resolvi dar um corte. Não liguei mais. Não atendia e nem retornava. Até que ele deixou mensagem, dizendo que precisava falar comigo e explicar algumas coisas. Retornei deixando claro que meu negócio é mulher. Max garantiu que era hétero. Disse que a mulher dele era bem gostosa e entre outros babados, que ele tinha fantasia de ver ela transando com outro, porém, ela não sabia de nada. Já haviam conversado sobre swing e menage. Ela só topava na fantasia e não queria fazer de verdade. Pediu pra conversarmos cara a cara. Não gostei desse babado de encontro na praça de ... alimentação do Shopping. Fui bem desconfiado, achando tudo esquisito à beça. Um senhor já de certa idade estava lá. Foi fácil achar a figura com um jornal na mão, a senha combinada. Parecia mais velho que o meu pai. Feita as apresentações, Max tirou do bolso um envelope com fotos da esposa. Deu pra ver que era uma senhora ajeitada. O vestido caia bem, dando um ar de madame elegante. Algumas de maiô na praia, deu pra notar que era meio cheinha, com coxas grossas, peitos grandes e certa barriguinha saliente. Gostei mais da foto do rosto, maquiada e cabelos arrumados. Cabelos castanhos claros ou loiro escuro, olhos grandes e lábios carnudos. Deveria ter quase cinquenta, porém com traços bonitos. Perguntei de quando era aquela foto e Max me disse que do ano passado. Me contou que tinham lido meu relato com a Madalena e como a idade dela era parecida, tinham gostado da história. Max me disse que já tinha publicado as fotos dela num site de mulheres casadas, sem mostrar o rosto e sem que ela soubesse. Quando a Pri descobriu deu aquela briga. Porém, ela gostou de ler os comentários dos caras elogiando ela. Dizia que a esposa era muito gostosa na cama. Ela era das antigas, que casou virgem e só tinha transado com ele. Nem admitia essa história de infidelidade. Ele é que lia os relatos de casais liberais e andava doido para entrar nessa, podendo comer outras mulheres. Também disse que ficava excitado, imaginando sua mulher com outros machos. Tentava convencer a esposa a experimentar há ...
«1234...9»