1. comi minha irma


    Encontro: 12/10/2017, Categorias: Incesto, Autor: praqueisso, Fonte: ContoEroticoComBr

    Olá, me chamo Luiza, tenho 22 anos, sou ruiva natural e me considero uma mulher atraente(gostosa) rsrsrs. Pra começar minha história, vou falar de um namoradinho que eu tive quando tinha 15 anos. Saímos algumas vezes, era sempre muito bom “ficar” com ele, rolavam beijos deliciosos, muitas mãos bobas, tínhamos planos de perder a virgindade juntos mas isso nunca chegou a acontecer, pois mudei de cidade e acabamos perdendo o contato. No mesmo ano, conheci meu atual noive por quem sou completamente apaixonada e plenamente satisfeita em todos os sentidos. Estamos juntos a 6 anos, 1 de noivado. Perdi minha virgindade aos 18 anos com ele, e até o início deste ano(2015) era o único homem com quem eu já havia tido relações. No final de 2014 prestei vestibular para uma faculdade e no início de 2015 comecei o curso. No 2° dia de aula, estava saindo para o intervalo e esbarrei com nada mais nada menos que o meu namoradinho de 6 anos atrás, que aqui vou chamar de Carlos. Nos cumprimentamos, conversamos muito e trocamos telefones. Durante um mês nos víamos todos os dias e conversávamos muito, até que um dia o nosso papo ficou um pouco mais ousado. Começamos a relembrar o nosso namoro e ele me disse que ainda sentia muita vontade de transar comigo, que leva esse desejo a 6 anos. Na hora fiquei vermelha, me despedi e ficamos uma semana sem conversar. Até que ele me chamou no whats e perguntou o que eu achava de sairmos pra beber algo, somente como amigos. Como meu noivo estava viajando a ...
    trabalho, aceitei e saímos para beber. Fomos a um barzinho, estávamos nos divertindo muito até que ele, depois de uns copos a mais de bebida, “tomou coragem” e colocou sua mão sobre minha coxa. Senti um arrepio da cabeça aos pés, muito gostoso, mas disfarcei e fingi que não havia percebido. Ele então foi subindo sua mão pela minha coxa até chegar na minha virilha(eu estava de vestidinho), foi então que senti minhas pernas tremerem, olhei pra ele e perguntei o que estava fazendo, ele me respondeu: – Luiza, relaxa, vamos aproveitar que nos reencontramos pra terminar o que começamos a 6 anos atrás… Olhei para ele com uma cara meio que assustada e ele disse: – Vamos comigo a um lugar mais tranquilo? Eu não sei o que se passou por minha cabeça, mas sem titubear disse: – Tudo bem, vamos… Saímos de lá e ele me levou a um motel que ficava perto do bar onde estávamos. Chegando lá disse a ele que não tinha certeza se queria fazer mesmo aquilo, pois amo muito meu noivo e não queria traí-lo. Ele então me pegou pela cintura, me puxou pra perto dele e me disse: – Shiiiu, relaxa, ninguém vai saber, só aproveita… E nisso me agarrou firme e me deu um beijo de tirar o folego, como antigamente, deslizou sua mão pelo meu corpo, descendo pelas minhas costas, passou a mão na minha bunda e a apertou firme(que sensação deliciosa), ergueu meu vestido de vagar, me empurrou contra a parede e começou a passar os seus dedos na minha bucetinha por cima da calcinha, nessa hora me entreguei totalmente e soltei ...
«12»