1. Aventuras de um Jovem – Voltando ao Lar(Parte 1)


    Encontro: 12/10/2017, Categorias: Fetiches, Autor: Matheus Ribeiro, Fonte: ContoEroticoComBr

    Eu me chamo Matheus, e vou contar sobre o que vem acontecendo na minha vida desde que eu voltei a morar na casa da minha mãe. Tenho 22 anos e cursava a faculdade de ciências contábeis, mas infelizmente por motivos pessoais, eu tive que trancar a faculdade e me mudar para a minha cidade natal as pressas. Por sorte, minha mãe sempre foi uma pessoa muito afetuosa e nunca se importou em ter os filhos próximos a ela. Na verdade, ela foi muito relutante na época em que decidi me mudar para outro estado, em busca de uma boa faculdade e emprego, mas agora voltando para casa, espero poder colocar os assuntos em dia e re-acostumar com a rotina da minha cidade natal. O ônibus chegou na rodoviária por volta das 18pm e eu imaginava encontrar uma delegação de familiares me aguardando para uma recepção calorosa no saguão. Mas apenas a minha irmã Lylian estava lá. Lylian é a filha do meio, com 19 anos, seus olhos castanhos e pele clara lembram muito a da nossa mãe, seus cabelos tingidos de vermelho um pouco a baixo dos ombros e sua cara de inocente(que se agrava ainda mais, graças aos seus óculos) mostrava que ainda era a mesma menina de quando eu havia ido embora, mesmo que o seu corpo tenha passado por uma grande mudança. Antes, Lylian era uma menina gordinha, mas agora, seu corpo estava mais magro e definido. Sua cintura estava extremamente fina, o que contrastava com seu quadril, pernas e bunda, que permaneciam grandes como sempre foram. Olhei-a de cima em baixo, enquanto ela se ... aproximava de mim com um largo sorriso no rosto, e demais corri para abraça-la. Lhe peguei pela cintura e puxei seu corpo contra o meu, de forma bem mais brincalhona do que maliciosa. Ela sorriu e disse; — Não perde essa mania, não é Matt? — Eu já adorava fazer todos acharem que você era minha namorada antes, imagina agora, que você esta essa beleza toda! – Disse enquanto passava os olhos pelo seu corpo. Minha irmã riu envergonhada e se desvencilhou dos meus braços. — Deixa de ser bobo e vamos logo para casa. A mamãe esta preparando uma janta especial para você, e eu quero te apresentar uma pessoa — Uma pessoa? – Estranhei a noticia, pois Lylian sempre foi muito insegura por conta da sua aparência, e acabou crescendo de forma bem recatada. Sempre com poucos amigos e nunca com nenhum namorado(esse era um dos motivos, para eu brincar com ela, dizendo que namorávamos) — É, eu estou namorando um cara, ele é bem legal. Já estamos juntos à 4 meses, você vai gostar dele — Duvido muito, qualquer mané que coloca a mão na minha maninha, com certeza não tem a minha simpatia. — Disse em tom de brincadeira, e seguimos para fora do terminal. Invés de pegarmos um ônibus, eu preferi irmos de táxi. O que nos economizou cerca de 1hr de viagem Chegando em casa, encontramos o local em silêncio, com portas e janelas fechadas. O que era estranho, já que em teoria, minha mãe estaria preparando um “jantar especial”. Mas o que mais estranhamos, era que mesmo com a casa fechada, as luzes permaneciam acesas. — ...
«1234»