1. Aula particular


    Encontro: 11/10/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: rickboxer, Fonte: ContoErotico

    Sou o Ricardo hoje estou com 33 anos, loiro, com 1,73, 62 quilos, olhos verdes e pau de 18 cm, e vou relatar o que aconteceu quando estava na 8ª série, com o Anderson, amigo de sala de aula, dois anos mais velhos que eu moreno claro, olhos verdes, 1,78m, em torno de 83 quilos, troncudo para a idade, boca vermelha e carnuda, rosto forte e masculino, coxas grossas de jogador de futebol, barriga definida, peito com pelos, braços compridos, fazia sucesso com as garotas da escola, e de vez em quando me contava algumas safadezas que fazia. Na verdade, nunca achei q isso sairia dos meus desejos... Mas como tudo sempre acontece de um jeito diferente...Ao chegar a sua casa, ele usava uma bermuda de tactel com uma camiseta dei uma olhada discreta, sentamos na cadeira e começamos a conversar ele trouxe o livro, em seguida Anderson começa a explicar a matéria. Não prestei atenção em uma palavra se quer que ele dizia, apenas imaginava aquele macho por cima de mim me devorando me fazendo sua “menininha”. Não sei o que me deu, coloquei minha mão em sua perna, ele ignorou, avancei e apertei seu pau. O que é isso, cara? - Perguntou retirando a mão minha de cima dele, curto mulher. Parei meio envergonhado, queria que aquilo tudo terminasse logo, ele continuou a explicar a matéria, fizemos alguns exercícios.Ele disse por hoje chega, comecei a arrumar minhas coisas para ir embora, percebi que ele colocou sua mão por cima da bermuda apertava e acariciava, olhava para mim com cara de moleque ... safado se levantou da cadeira, me assustei com a reação, de lado roçou seu pau em minha mão e disse em meu ouvido, não sabia que curtia uma brincadeira de macho, acho que me enganei você quer brincar? Não me fiz de rogado balancei a cabeça que sim. Ele me virou e passou a mão na minha bunda, fazendo movimentos circulares e lentos, sem tirar a roupa, sentia suas mãos alisando minha bunda e apetando as coxas, levantando meu short, e percebi que ele suspirava (estava no maior tesão), ouvindo ele sussurrar sua puta, vadia, que bunda deliciosa, vou comer ela. Quando ouvi tudo isso, comecei a rebolar em cima do colo dele e roçar seu pau que estava uma tora, aliás, que belo pau.Com certa volúpia tira nossas camisetas a mão dele pousou na minha cintura, eu me recostei contra o peito dele, Anderson fazia com habilidade tudo aquilo, beijou o meu pescoço, dessa vez suas mãos foram para as minhas costas que ele alisava como se quisesse me amolecer eu estava louco de desejo e tesão. Arrisquei algo mais, passando minha mão na barriga dele, a sensação era gostosa demais, escorregar minha mão para o short e tocar o pau dele, mas sentindo que não estava totalmente duro, e isso me provocava.Sentia seu corpo ardendo, arranquei o short e a cueca dele seu pau era na medida certa, os pelos aparados e o saco grande, o pau reto e com a cabeça rosada, grande e suculenta, eu somente abracei ele, o pau dele encostando-se à minha barriga. Ele imediatamente abaixou minha cabeça em direção a seu pau e mandou ...
«12»