1. A casada do fusca..


    Encontro: 11/10/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: sejojose, Fonte: ContoErotico

    Bem, meus contos são relatos, por isso coisas mirabolantes ficam pra literatura inventada.. rsss...Quando ainda estava faculdade, pegava carona a noite, e conhecia varias pessoas, as poucas mulheres que davam caronas eram amigas, um dia, uma que pouco conhecia, endo que havia quase na faculdade, não tinha mais ônibus, parou seu fusca e disse "Entra ai rapa"... Ja havia visto varias vezes por lá, mas nada de amizades, era casada, cerca de 1.65, coxas grossas, bunda grande, mas casada, e no geral olhar sério, então nunca tentei nada, então fui puxando papo bobo e ela logo disse "Tô muto triste, inconformada com meu casamento!", então começou a falar as bebedeiras do marido e disse que ficasse a vontade e se pudesse ajudar... Ai, ela perguntou "Pode mesmo? Sim Posso!".. Ela não esperou mais nada, virou a direção do fusquinha e mudou o trajeto, confesso que a primeiro momento até pensei que fossemos flagrar algo com seu marido, o que poderia muito chato.. Mas, me dispus ajudar, vamos!Era um motel ja conhecido de longas datas minhas, rsss.. E parou e disse, perguntou se poderíamos entrar, e eu nem lembrava que tava liso até essa hora, rsss.., e fui sincero, "Não tenho dinheiro", Ela deu gargalhadas e disse "Não problema!".. Entramos, nem acreditava, aquela ...
    gostosa casada iria me usar pra afogar a magoas do marido, fechei a porta e nem falei nada não, abracei e beijos sua nunca, pegando naqueles peitões grandes, e ela também, nada esperou "Tira a roupa, tira logo!"... Quando a vi só de calcinha, que visão maravilhosa, mulher carnuda, linda, e gulosa, e com raiva!Beijei sua boca e peguei sua bunda com força, ela pegou meu pau depois meteu a boca faminta! tava com tanto tesão que a pica tava melada, levantei puxando os cabelos e virei de costas, ah!! Queria roçar naquela bunda um pouco, que delícia, ela esfregava com força, eu disse, vamos para eu to quase gozando, ela gritou "Não!!" venha aqui e deitou na cama e puxou minha cabeça pra sua buceta, meti a lingua naquela gruta gostosa, tão molhada que sentia jorrar aquela buceta, tava louca, gemendo, começou a gozar na minha boca, gritando "Não para! Não para!"... Quando ela disse vem me comer, pulei na cama e meti sem pensar naquela bucetona maravilhosa!!! E rapido gritei de gozar, ela também, "Goza caralho!!"..Me animei pensando que iria comer aquela bunda, e ela disse, "hoje não!" já hora de ir, se não aquele safado do meu marido chegar em casa enchendo o saco"... rsss... Ainda com tanto tesão quando cheguei em casa que bati uma punheta pra dormir calmo, rsss..Sejo.
«1»