1. Dando pro neguinho no chuveiro.


    Encontro: 11/10/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: vinny_rj, Fonte: ContoErotico

    Retorno para um novo conto de uma foda que aconteceu essa semana. Mais uma vez estava eu na ducha do banheiro da academia e como eu sabia que la rolava uma putaria fui pra uma cabine e liguei o chuveiro, nessa cabine tem um buraquinho, o famoso buraquinho que algum mnjadorde rola fez pra espionar a mala alheia e chamar pra fuder. Nao demorou muito pra entrar um carinha na tal cabine. Logo maldei pois dentrei 10 cabines ele escolheu logo aquela pra tomar banho. Marquei uns segundos e me ajoelhei para ver a rola do outro lado, pra minha surpresa o cara ja estava tocando uma deduzinho que eu estivesse o manjando pelo buraquinho. Derrepente ele abaixa e espiona também. Fiquei pasmo em saber quem era. Um mulato que o vi malhando algumas vezes cheio de pose de hetero machinho. Quando estava tirando minha roupa ele tambem estava, mas nao maldei na hora, certamente ele estava esperando um carinha pra dar o bote no chuveiro, e esse carinha fui eu.Ficamos nessa exibiçao de corpos por mais alguns minutos até que ouvi ele dizer: vem cá!Nao pensei duas vezes, peguei minha roupa e fui. A porta do seu box estava aberta e o banheiro vazio, facilitando nao ser pego por alguém. Ao entrar me deparo com sua pele mulata ainda molhada com a ducha que permaneceu ligada para abafar qualquer barulho (nao adiantou muito no mete-mete no cú) ele é baixo, rosto muito bonito imbérbie, e lábios rosados carnudos. Seu corpo nao era malhadao e sim parrudinho com ombros largos pernas grossas e bunda grande de ... macho mesmo. Seu pau nao era grandao e sim mediano, talvez 16 ou 17 cm mas com a cabeça bem rosada estilo cogumelo, boa de chupar. Começamos nos punhetando e logo parti para o boquete. Pau quente e gostoso de chupar. Suas mãos logo empurravam minha cabeça contra seu pau duro na minha boca e eu chupava até o talo engolindo ele todo. Olhando seu rosto de baixo para cima, reparei sua carinha de satisfaçao fazendo um biquinho de tesao. Talvez vale dizer que seu rosto é bem semelhante ao do cantor Thiaguinho, só uma observaçao de como ele era bonitinho.Chupei, chupei e chupei. Mamei seu saco tambem que estava tao quentinho quanto a cabeça rosada do seu pau. O neguinho foi pronto para o abate, sacou a camisinha e o gel da sua bolsa, o cara tava preparado para fuder mesmo, me deixando sem jeito e despreparado. Eu disse que nao rolava, mas ele veio com aquele papinho de... só um pouquinho...só a cabecinha...se doer eu paro...é rapidinho...Esse papinho com aquele jeitinho maroto de fazer qualquer um que no fundo quer ceder.Cedi!Ele pôs a camisinha com total rapidez e passou bem pouco gel, nao teria muita dificuldade pois a camisinha era extra lubrificada, prontamente sem pensar muito logo me virei e nao teve dificuldade para que logo de primeira seu pau encontrasse o caminho do meu cuzinho. Entrou e logo começou o mete-mete. Nunca havia dado para um negro e valeu como experiencia, realmente tem uma pegada mais forte e sagaz. Meu cu tava gostando. Piscava e empinava, fiquei de quatro ...
«12»