1. Visitando a Amiga


    Encontro: 09/10/2017, Categorias: Viagem, Amigos, Bissexual, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Aventureiro, Fonte: CasadosContos

    Olá amigos, o que vou narrar aqui aconteceu comigo a menos de um mês. Me chamo Eduardo, tenho 30 anos, sou branco, 1,74m e 64kg, cabelos castanhos, não sou feio. Sou até atraente, apesar de não ter um corpo muito bem cuidado. Pois bem, moro em Goiânia - GO e no inicio do mês de Novembro fui convidado por uma amiga que mora em Vitória - ES a ir visitá-la no aniversário dela no dia 07 de Dezembro de 2016. Ela é casada há uns quatro anos com um cara de lá. Que até então eu não conhecia. Assim, de acordo com uma folga que teria no período de início de mês, aceitei. E fui pra casa de minha amiga Lavínia. Ela é uma loira, tem uma altura média de 1,72m pesa em torno de 58kg, 33 anos e é uma pessoa muito chamativa devido aos traços de seu rosto. Resumindo, ela é linda com aqueles olhos esverdeados. Quando cheguei no aeroporto, chamei um taxi, que me levou ao seu endereço, nada mais que uns 10 minutos a beira mar. Cheguei e fui bem recepcionado, seu esposo Roberto (36 anos, branco, mais ou menos 1,77m, uns 68kg a 72kg cabelos claros e olhos castanhos) já de cara me recepcionou muito bem também. Até aí tudo bem, Lavínia me acompanhou até um mercadinho a duas quadras de sua casa, para que pudessemos conversar mais de nossas vidas, por a conversa em dia, e Roberto ficou em casa cuidando de todo o resto. Ao retornarmos pra seu apto, Lavinia foi logo me acomodando no quarto onde eu ficaria hospedado, e Roberto estava no banho, com a porta do quarto meia aberta que dava pra ver ele nu, ... através de um espelho posicionado na porta do banheiro da suíte. Passei meio que constrangido, mas foi extravagante tal atitude. Eu, amigo da esposa dele, nunca tinhamos tido algum contato, e agindo de maneira como se não estivesse ninguém mais além dos dois. Combinamos de dar uma volta na beira da praia antes de fazermos o jantar, ele disse que ficaria em casa descansando e assistindo o futebol, mas que pudéssemos ir tranquilamente. Estranhei, um marido não ter ciúmes, mas, conheci Lavinia primeiro. kk Caminhamos mais ou menos duas horas todo o percurso, de ida e volta pra casa, contado o tempo de parar pra por a conversa em dia, rir das situações vividas e etc. Passar no supermercado e enfim chegar em casa exaustos, mas com uma garrafa de vinho na mão para comemorar o aniversário de 34 de minha amiga que ali estava morando. Chegamos em casa e pedimos uma pizza para o jantar, o vinho estava no congelador para esfriar mais rapidamente, fui para a varanda para fumar um cigarro, e logo Roberto notando minha posição na varanda , logo se tratou de trocar de roupa para que eu visse. Aquelas costas largas e brancas com uma tatuagem no ombro esquerdo que descia até na bunda me chamou a atenção. Eu meio sem jeito, insistia em ser curioso no que daria aquilo, e Lavinia entrou no quarto para tomar banho. Quando o vi, ele havia percebido que eu estava na varanda ainda e deu uma olhada de rabo de olho e um sorrisinho safado para fora, tirando a sunga preta deixando a mostra seu pau. Devia ...
«1234»