1. Transando com o Motorista na Rua


    Encontro: 08/10/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: leopaula, Fonte: ContoErotico

    Como sabem, leiam meus contos anteriores, sempre transei com outros com a permissão e conhecimento de meu marido, e apesar disto sempre tivemos uma vida sexual ativa, no entanto desde que comecei a transar com homens super dotados este prazer com meu marido foi diminuindo e quando comecei a transar com outras mulheres, praticamente paramos de transar, quase nunca transamos e ela tem suas putas, conforme contei no conto anterior.o que ele não sabe, vai ficar sabendo agora que sua maior puta sou eu e passei a me excitar muito mais quando passei a transar em locais públicos, tudo começou quando comecei a ser paquerada por um motorista de um onibus que pego quase todos os dias ao retornar para casa no horário do almoço, ele começou a me cumprimentar todos os dias com um bom dia, no principio achei normal, mas depois fui observando que ficava me olhando de forma discreta, como eu desço quase no ponto final, o ônibus já está vazio e ele ficava me observando após descer, comecei a me excitar com isto e passei a ir com roupas mais decotadas, ela dava bom dia olhando pros meus peitos e quando descia ficava de olho na minha bunda, comecei a olhar nos seus olhos quando entrava no ônibus e corresponder seus olhares e bom dia com um sorriso safado no rosto, um determinado dia desci no ponto final e ele puxou assunto disse que adorava me ver que era muito bonita e educada, aquilo me deixou excitada e quando cheguei em casa me masturbei na cama, no dia seguinte desci no final novamente e ... ele me deu outra cantada,passei meu telefone para ela e ele me ligou poucos minutos depois dizendo que queria me conhecer melhor, eu disse que aceitaria lhe conhecer melhor sim, ele disse que todos os dias ele tinha uma folga de uns 50 minutos até a outra viagem, peguei meu carro e parei na rua do final do ônibus há uns 100 de onde estava e liguei pra ele, tinha colocado um vestido curto e quando ele entrou no carro ficou louco, me deu um beijo no rosto , se apresentou como Roberto, adoro este nome, e disse estar apaixonado por mim, molhei minha buceta na hora, como ele tinha que voltar pro trabalho e eu também estava indo pro meu outro emprego, não rendemos muito assunto, marcamos de encontrar a noite e o encontrei em uma rua próximo de onde trabalho, ele entrou no carro já me deu um beijo na boca, e que beijo gostoso, começamos um sarro gostoso, esquecendo que estava na rua , que somos casados, mas o tesão foi maior, fomos pra uma rua mais deserta, tirei a calcinha e dei pra ele dentro do carro, nossa que pau grande e gostoso, cavalguei com nunca, mas queria dar mais gostoso ainda e fomos para um motel próximo, onde pude dar em todas as posições, ele comeu meu cuzinho gostoso e encheu de porra, como gozou, o melhor de tudo é que tenho dado para ele todos os dias, as vezes na rua, e até mesmo uma rapidinha dentro do carro no horário de almoço, até mesmo na rua do final do ônibus que é meio deserta, e como meu carro tem vidro pretos dificultam a visão interna mesmo durante o ...
«12»