1. Como prometido, fora cumprido!


    Encontro: 08/10/2017, Categorias: Incesto, Autor: camaleaovip, Fonte: ContoErotico

    O encontro se deu em nosso barzinho preferido. Uma música ao vivo era tocada e cantada pelo cara que um dia eu trepei com ele. Fora uma trepada maravilhosa e agora estávamos ali á espera do nosso convidado, ouvindo uma bela seleção musical. Tinha nos visto, enquanto cantava e mandara uma saudação, talvez imaginando que teria uma noite quente. Tomávamos um drinques a moda da casa, não deixando de estar atentos a toda pessoa que entrava no bar.__Qual a sua expectativa, com relação ao cara?__Olha, para ser sincera, eu não estou com muita expectativa não. Pelo que deu para se perceber, Júlio é um cara que pelo jeito, não sabe lidar muito bem com mulheres ao vivo. Creio que vamos ter que nos vivar para ter uma noite super agradável.__Gozado, que já pensei que o cara é super antenado, acredito que vamos nos dar bem.__Você quer me ver, espetada na pica de outro cara, fala a verdade?__Verdade, verdade mesmo? Sou ciumento, quando se trata de você. Se pudesse não deixava você ficar com ninguém, nem com mulheres.__Por que somos assim? Eu sinto o mesmo por você. É algo que vai muito além de você ser meu irmão. Posso dizer sem medo de errar que te amo. Aquela confissão, que saíra espontaneamente, nos deixou por instantes sem fala, apenas nos olhando, com o olhar carregado de desejo e uma mensagem afetiva bem diferente da fraternal. Não percebemos quando nossas mãos se tocaram e os dedos se entrelaçaram. Eu desejava beija-lo, ali, onde poucas pessoas nos conhecia como irmãos e quando ... nossas boca iam se aproximando:__ Com licença. São Bia e Paulo, não? - perguntou um rapaz, que logo reconheci como sendo Júlio. Como podia ser, ele o cara que eu vira pelo monitor. Tinha um porte, altivo, era forte e bonito.Paulo se levantou e estendendo a mão a ele, o cumprimentou de forma irreverente.__Prazer em conhece-lo, cara. Esta é minha irmão Bia, como pode ter visto...__Puxa, Bia, você é uma beleza, que só vendo de perto para se acreditar que é verdade.__Obrigada, você é muito gentil. Posso dizer que o mesmo diga a seu respeito.Sente-se, aqui ao meu lado. Entabulamos uma bela conversa, enquanto tomávamos um drinque, agora um pouco mais forte, para nos abrir o "apetite", apesar que convenhamos, aquele cara era um prato cheio para se comer dias.Era muito satisfatório, ficar entre dois belos homens e quando Paulo começou a puxar a minha saia para cima, por baixo da mesa, eu trouxe a de Júlio para se juntar a dele e naquele encontro, ambos ficaram alisando-me, me deixando aquecida. Apesar de tudo, eu notava que o músico, agora sentado ao balcão, não tirava os olhos de mim, querendo entender o que estava acontecendo na nossa mesa. Tirava uma curtida com ele, instigando o seu imaginário, fazendo ele entender que eu o desejava também. Paulo notou, a minha jogada e sorriu. Senti que a mão dos dois estavam bem animadas principalmente a de Júlio que já estava sobre a minha...xoxota, pois eu não estava de calcinha, para variar. Notei que ele ficara meio que estático ao comprovar ...
«1234»