1. PRIMEIRA VEZ DE THAIS ROBERTA DRUMMOND


    Encontro: 07/10/2017, Categorias: Lésbicas, sexo anal cabaço pau grande leite quente Travestis, Gays / Homossexual, Autor: THAIS ROBERTA DRUMMOND, Fonte: CasadosContos

    entro na pica desde cedo sempre com garotos da minha idade ou um pouco mais velhos eu adorava ficar embaixo de uma pica bem dura o que acontecia todos os dias as vezes ate 4 vezes e por dia o que fez com que meu cu virasse uma rosa por um lado adorava ver como meu cu era largo bem arrombado mesmo mas por outro lado isso fez com que o pau dos garotos ficasse muito finos o que dava uma cortada no tesão eu queria uma rola de homem de verdade um homem adulto queria chorar com um pau grosso na bunda os meses foram passando e eu continuava na minha rotina diária de pau dentro pau fora eu sempre gostei de usar as calcinhas da minha mãe que adorava calcinhas minimas sempre enfiadas dentro dentro da bunda e sempre que ela não estava em casa eu catava uma escondida e usava minha mãe era uma mulher muito boazuda e muito liberal dentro de casa ela sempre usava um shortinho branco de uma especie de licra tao transparente que dava pra ver os contornos de sua boceta e o relevo que os poucos pelos mostravam o shortinho era tao curto que metade da popa da bunda ficava de fora era só minha mãe tirar o micro-short que eu logo vestia ficava um tesão quando completei ?? anos ja andava dando mole pra homens bem mais velhos mas ate essa data não tinha rolado em uma tarde estávamos eu e 2 garotos metendo em uma plantação de bananas que havia perto da minha casa estava eu de 4 com um pau na bunda e outro na boca (coisas que fui aprendendo vendo filmes pornos )quando de sopreza eles saíram correndo ... sem dizer nada me deixando de cu aberto pra cima sem entender nada fiquei procurando o motivo da correria e quando olhei pra cima debruçado em cima de um muro estava um vizinho nosso (seu lauro )um moreno lindo marinheiro reformado separado e vivia sozinho em uma casa muito grande com o susto tentei me vesti as pressas olhei então desceu do muro quando sai do bananal dei de cara com seu lauro fiquei com tanta vergonha que queria meter a cara em um buraco e sumir ele vendo como estava envergonhado me falou pra ficar tranquilo pois não diria nada a ninguém sai dali voando as vezes encontrava com ele na rua eu ficava meio sem grassa de esbarrar com ele e como sempre muito educado cumprimentava me perguntava se estava tudo bem e assim se passaram as semanas ate que um dia ele ao cruzar comigo na rua me perguntou porque eu não ia mais para o bananal e gostaria muito de me ver metendo de novo aquilo me deu um calor tao grande que fez meu cuzinho começar a piscar depois desse dia cheguei a sonhar que estava dando pra ele comecei a sentir tanto tesão pelo Sr, Lauro que sempre que o via começava a rebolar como já tinha uma bunda bem grande e um corpo bem feminino (pois tomava anticoncepcionais escondido)um dia ao cruzar com ele pela rua ele me perguntou se eu estava muito ocupado respondi que não com o coração batendo na garganta ele então me perguntou se podia ajuda-lo a mudar uns moveis da casa disse que sim só pedi que esperasse um pouquinho pois ia avisar minha mãe de onde eu estava ...
«123»