1. Despedida do amigo


    Encontro: 07/10/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: casalamordivi, Fonte: ContoEroticoComBr

    Somos um casal liberal, sem filhos e casados a 10 anos. Minha esposa, Paula é uma mulher de 40 anos, 1,60 m de altura, 52 Kg, muito gostosa, fogosa e determinada. Descobrimos o mundo liberal a uns 08 anos e por muito tempo fomos frequentadores assíduos de menage e swing, o qual estamos afastados a uns 02 anos por opção dela (adoro ver ela com outros homens), porem nesse dia ela não resistiu! Conhecemos a 02 anos um casal da Paraíba, na faixa dos 40 que mudaram para nossa cidade ficaram nossos amigos. Estamos sempre juntos, curtimos boas noitadas e cervejadas sempre com muito respeito entre nós. Quando chegou o final de ano nossos amigos foram passar férias com suas famílias, mas Roberto haveria de voltar em meados de janeiro para trabalhar e providenciar a mudança do casal para SP, para onde havia sido transferido. ENTÃO……. Numa 5ª feira a noite, precisamente dia 28/01/16 estávamos em nossa casa tomando umas cervejas e nos despedindo, Roberto iria com a mudança para SP no sábado e Angela iria direto da Paraíba para encontra-lo. Naquela noite estavamos apenas nos 3 e Paula estava muito bonita, bem produzida, olhar brilhante, sedutora e mau intencionada, o que não percebi, afinal nunca havíamos comentado nenhum tipo de taras pelo casal. Após bebermos e comermos, a voz começando a ficar mole e o sorriso se estampar,começamos a falar bobagens. Paula estava com uma blusa de alcinhas e sem sutiã, com um lindo decote. Com o passar da noite e o elevado teor alcoólico suas ... alcinhas foram se afrouxando e mostrando as aureolas dos seus seios, que nos deixaram fascinados e com olhares fixos naquelas delicias! Quando percebeu, puxou a blusa para baixo deixando os seios todos de fora, começou a rir e falou: – Nunca viram peitos na vida de vcs não? Roberto assustado respondeu que tão inesperadamente e bonitos assim, não. Começamos todos a rir para relaxar e ela olhando para mim, esperando minha aprovação que foi imediata, chamou Roberto para experimenta-los. Depois desse momento fica difícil detalhar tudo o que aconteceu, mas vamos la! Roberto sentou do seu lado no sofá, acariciou seus seios, beijou sua boca, desceu beijando seu pescoço até sugar com vontade seus deliciosos seios. Ela gemia baixinho e se contorcia toda no sofá e ele não se fez de rogado, passava a mão por todo seu corpo e desabotoava seu short.Foi como num piscar de olhos, la estavam eles quase nus e se deliciando sem o menor pudor. Roberto já com a mão dentro da sua calcinha a masturbava enquanto ele pegava seu pau, duro como um pedaço de toco ele se levantou e puxou sua cabeça enfiando-o sem dó por garganta abaixo fazendo ela chupar e lamber loucamente como se fosse a melhor coisa do mundo. Roberto louco de tesão deitou sobre ela e passou a chupa-la com vontade (ela esta sempre totalmente depilada e tem o grelo e os lábios bem carnudos e enlouquecedores). Após alguns minutos ela enlouquecida virou no sofá jogando Roberto no chão e sentando de uma só vez encima dele, que aos berros, com ...
«12»