1. Renato & Elias Cap.8


    Encontro: 05/10/2017, Categorias: fofo, Romance, Medo, Conversa, Mãe, confusão, Tristeza, cama, Transa, Hétero, Médicos, História, Homens, Amor, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Gustavinho, Fonte: CasadosContos

    Cap.8 Ela olhou para mim, olhou para o chão, com uma cara de espanto, uma feição ligeiramente imperceptível ? -Transou com um homem ? - e então, ela ergueu o olhar novamente e me olhou nos olhos – como foi isso ? -Ah mãe... Pelo que eu consegui me lembrar, eu e ele estavamos numa festa ontem e fomos para a casa dele. Estávamos bêbados. Eu só lembro de estarmos aos beijos no sofá e depois de pararmos na cama dele e... Então aconteceu... -Você gosta de homens filho ? -Não, óbvio que não mãe. Minha praia sempre foram as mulheres. Eu não queria isso... -Como não queria ? Ele te prendeu, te amarrou, te forçou, te dopou ? -Não, é que... - de repente então ela me interrompeu. -Então você queria isso sim... Filho, ninguém transa com alguém se não quer. Ainda mais sendo homem como você... -Mas mãe, é que eu nunca me interessei por homem nenhum antes. Só de lembrar me dá repulsa, como eu posso querer ter feito isso ? -Querendo oras... Eu não sei, pode ser que você tenha se deixado levar pelo momento, ou que haja algum desejo reprimido ai dentro, mas você não transou com esse rapaz, seja lá quem for, por que não quis... - parei para pensar durante alguns segundos. Essa frase não entrava na minha mente. De forma alguma, eu não podia querer transar com um homem – e quem é esse rapaz ? -É o Renato... -O quê ? O Renato ? Seu melhor amigo ? -É... Ele confessou o ato porquê eu não tava me lembrando. Ele é gay e nunca me falou. -Mas, e você ? Como reagiu a isso ? -Bati nele oras – ela me olhou ... de olhos cerrados naquele momento. -Parece que eu deixei de te ensinar algumas coisas né... -O que você quer dizer com isso ? -Você bater no rapaz apenas por ele ser gay ? -Mas é que... -É que nada Elias, eu não te criei assim, preconceituoso. Você vai pedir aquele rapaz, e vai esclarecer isso de uma vez. Se você tem plena noção que não é gay, que sóbrio isso nunca aconteceria, esclareça de uma vez e pronto. Eu não te ensinei a ser um brutamontes meu filho ! Por algum motivo fiquei pensativo naquele momento. Eu não sabia porquê mas aquilo estava mexendo comigo. De uma forma que eu não conseguia explicar. NARRADO POR RENATO Obviamente que durante o dia eu estive muito mal. Uns e outros podem me perguntar como eu poderia ficar tão pra baixo por causa de uma pessoa que não gostava nem de ter transado comigo. Por causa de um homofóbico que me deu um soco. Infelizmente a gente não escolhe quem ama. Infelizmente os nossos sentimentos são algo que não se pode escolher. Eles apenas acontecem. E comigo foi acontecer com o Elias. -E ai ? - ouvi batidas na porta – como você está ? - era a voz do André. -Mal... - ele veio se aproximando de mim, sentou-se na cama enquanto eu continuava a tentar me distrair assistindo TV. -Você não devia ficar assim por causa dele Renato... Ele nem corresponde o que você sente ? -Eu sei... Mas eu não escolhi estar apaixonado por ele André. Foi algo que tomou conta de mim sem eu perceber. Quando eu vi já tinha acontecido... -Entendo. Mas sei lá, você devia ...
«12»