1. Participando do menage surpresa da minha esposa. (prt2)


    Encontro: 04/10/2017, Categorias: Menage; bi; sexo, Grupal, Autor: Wollaf, Fonte: CasadosContos

    Galera obrigado pela recepção que vocês estão me dando. Bom, vou direto a historia sem muita enrolação. Tentei me levantar mas Paula me pediu para ficar. Paula saiu do quarto rebolando para receber a garota. Pouco tempo depois, Paula aparece na porta dizendo: - Amor, fecha os olhos que a nossa surpresa chegou. - Bem vinda Janisse. -Falei com um sorriso no rosto. Ouvi quando Paula riu e assim que eu abri os olhos tive um susto que quase me fez cair da cama. Paulão estava parado na minha frente sem camisa e com a mão na cintura. Paula o abraçou dizendo: - Amor, paulão é o marido da cibele, ela sempre quis participar de uma menage so que o Paulão nao deixava ai eu disse que você quis tentar um menage e ele resolveu aceitar. - Sua safada e eu achando que ia ganhar duas bucetinhas na minha cama hoje, vou ter que te dividir com um cara? Paulão todo errado cobriu a ereção e disse: - Não se preocupe senhor, eu posso ficar afastado e ... - Nada disso Paulão, você veio para fuder com a gente e você vai fuder com a gente. Naquele momento eu me senti assustado, se paulão ja era enorme por natureza imagina o estrago que deixaria na intimidade da minha esposinha safadinha. Paula largou o braço de paulão e pulou na cama me beijando. Pelo canto do olho vi quando paulão começou a esfregar o pinto por cima da calça de tecido. Aquilo começou a me incomodar pois estava ficando estupidamente grande. Ao notar que minha atenção estava voltada para o pau do Paulão, Paula se deitou na cama e puxou ... paulão pela calça que colou na cama e aos poucos vi quando ela começou a beijar o saco do cara. Aquilo tudo começou a atender um tesão em mim e devagar fui para cima de Paula que ao sentir a minha boca em sua ppk se contorceu e tirando a boca da calça do Paulão disse: - Amor vai com calma, vai me fazer gozar assim. Sem tirar os olhos dela, comecei a morder a sua ppk e fui subindo seu corpo sempre dando leves mordidinhas até chegar em seus seios. Mordi devagar e os puxei, com dedinhos rapidos invadi a ppk, extremamente úmida ,da minha esposa fazendo ela se contorcer de prazer. O pau do paulão naquela hora literalmente rasgou a calça dele. Paula riu e ao ver o tamanho da jeba disse: - Amor olha aonde nos metemos. O homem tem uma anaconda no lugar do pau. - Estou vendo, meu amor. Vou ter que usar um adaptador agora para comer sua ppk. Ambos riram e quando eu menos espero Paula está iniciando um boquete naquela jeba. A cabeça do pau do Paulão era o tamanho exato da boca de Paula, agora sim eu entendi o motivo de chamarem ele de paulão. Enquanto Paula chupava paulão, aproveitei para dar um trato de lingua em todo o seu corpo. Paula se contorcia enquanto eu mordia sua cintura e beijava ao redor do seu umbigo. Ao chegar novamente nos seios de Paula, senti a mão pesada de Paulão alisar minhas costas. Em um reflexo parei e fiquei olhando para ele que desviou o olhar e comecou o movimento fudendo a boca da minha esposinha. No intuito de provocar, me levantei da cama e fui para entre as ...
«123»