1. O novo morador do condomínio parte 7


    Encontro: 04/10/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual Hotel amor, Autor: Bernardo Conti, Fonte: CasadosContos

    Só tenho a agradecer a vocês que sempre estão comentando, votando, acompanhando essa história, quero agradecer á: boyzinho23a, arrow, ru/ruanito, marcos costa. Sei que ainda falta alguns nomes mas prometo que vou tentar citar todos até o final, abraço! Assim que entro no quarto começo a reparar em tudo, um quarto grande, com uma cama de casal, uma tv led de 42 polegadas, um guarda roupa de 6 portas, uma varanda com uma vista maravilhosa, abro o guarda roupa e vejo as coisas de marcos, mas não o vejo no quarto, decido ir ao banheiro, quando estou prestes a abrir ouço o barulho do chuveiro. Gelo na hora, fico sem ação e começo a pensar, o que vou fazer agora?, o que será que marcos vai me dizer quando me ver?, decido que seja o que deus quiser, sento na cama, tiro meu sapato até que ouço o chuveiro desligar, quando marcos abre a porta ainda esta se enxugando, com a toalha secando seu cabelo, passando por seu rosto ele fica totalmente pelado na minha frente, até que e pela primeira vez olhei marcos de uma outra forma, um olhar de desejo, ele é forte, e como já fez academia ele é definido, fazia sempre uma dieta, exercícios físicos, até que desço mais reparando o seu pau, era tão lindo, a cabeça era rosada, devia ter uns 20cm pois mole já era grande, tinha duas bolas grandes, acho lindo caras com sacão, mas só via em vídeos, tudo foi muito rápido até que falo: Rafael: oi? Marcos rapidamente olha para mim, parecendo estar em outro mundo, fica sem ação até que rapidamente percebe ... que o olho pelado e se cobre com a toalha, enrolando-a na cintura e me responde: Marcos: RAFAEL? O que você está fazendo aqui caralho? Poxa ele só me chama de Rafael quando está chateado, tento me explicar. Rafael: sua mãe me disse tudo, eu quero me desculpar com você, por favor me perdoa marcos? Marcos: Porra eu disse que não era para ela dizer, ela me paga! Rafael: não marcos por favor ela só quis me ajudar. Marcos: cara vá embora! Quando ele falou isso, quase choro mas me segurei para ele não me ver chorando, olho para o relógio e são 20:00 horas, falo pra ele: Rafael: me desculpe mas não vou poder ir hoje, já são 20:00, não quero preocupar nem chatear meu pai, por favor me deixe ficar aqui essa noite que amanhã cedinho saio, você nem vai ver minha cara, ele confirma, digo que vou tomar um banho, quando entro no banheiro, tiro totalmente minha roupa, quando entro no chuveiro começo a chorar, as palavras que ele disse me machucou, choro bastante até que me recomponho tomo meu banho normalmente, desligo o chuveiro percebendo que não peguei a toalha, grito por marcos e peço para ele trazer minha toalha, ele me entrega, percebo que olha meu corpo, mesmo depois daquela “briga” gostei dele ter me olhado, então visto uma cueca, percebo que ele está deitado no tapete do quarto com seu travesseiro e lençol, rapidamente falo: Rafael: nada disso marcos, quem vai dormir ai sou eu, venha já para cama. Marcos: que nada, durma na cama, vou dormir aqui, e cara me desculpa por aquilo que ...
«123»