1. Gláucia & Luiz Parte IV


    Encontro: 04/10/2017, Categorias: Grupal, Autor: Neinha Black, Fonte: ContoEroticoComBr

    Depois de ver a acrobacia da Gláucia chupando a pica de Marcos fui buscar as meninas ( filhas de Gláucia) no colégio, aquilo estava ficando interessante já tinha material para pelo menos ganhar uma mamada de Meire e quem sabe uma foda também, material pra chantagear Gláucia pra uma foda futura e permanente, material pra quem sabe ganhar algum dindin de Marcos (ele vestido de langerie) devia valer alguma coisa. Só tinha um detalhe, como ficava Luiz nessa estória toda? se eu conto pra Luiz adeus foda com Gláucia, adeus foda com Meire e porrada de Marcos com certeza. Cheguei com as meninas e fui direto ao gravador de imagens sorrateiramente, sem ninguém desconfiar, desliguei o gravador e retirei o cd-room, na esperança de que estivesse tudo gravado, em casa iria confirmmar, recoloquei outro cd no gravador e fiquei na minha, esperei Marcos me dizer o que deveria fazer ele mandou limpar alguns fios cortados e guardar em uma caixa pra quando Luiz chegasse desse destino. Gláucia estava um sorriso só nem parecia que há pouco recebera na garganta uma tora de jegue, oferecia suquinho, agua, biscoito, toda feliz, arrumamos tudo e fomos para casa. Lá chegando fui ver o produto do cd-room, a gravação mostrava que quando nós saimos, eu e as meninas, a festinha começara já na garagem, um pega-pega de peitos e pica eles fecharam a garagem e partiram para dentro de casa, ele já com a pica de fora ela tirando o top foram pro sofá onde não tinha campo de visão da câmera, pois eu direcionei ...
    pra cozinha, passei pra outra câmera a da cozinha ai sim eles já estavam os dois nus num chupa-chupa beija-beija, ele levantou a perna dela sobre a mesa e foi procurando enfiar a pica (ai que fui entender o porque de não rolar boceta) ela refugou e disse a ele que boceta era só pro marido ele podia comer tudo menos a boceta dela, ele de pronto nem reclamou foi abrindo aquela bunda linda nem lubrificou pincelou no cu da puta e foi metendo ela chiando, que estava doendo e ele enfiando, primeiro entrou um pouco aquela cabeça imensa depois foi entrando o resto a posição facilitava pra ele porém pra ela deve ter doido pra caralho, não sei como, mas entrou toda aquela casseta, não demorou pra ela curtir a foda rebolava e mexia como uma doida pedindo mais, bota toda lasca ela, me arromba, dizia que Luiz era um corno que não sabia foder, da pica pequena. Isso durou uma meia hora recebendo aquilo no cu, até ela pedir pra chupar, mas ele só deixou depois que gozou dentro du cu inundando seus intestinos de gala, aí a festa começou pra ela, a mulher endoidou chupava como uma louca, cabeça, lambia até os culhões chupava os culhões engolia os ovos, lambia o cu de Marcos voltava aos culhões, lambia todo o pau a cabeça e engolia até o pé da pica, engasgando, ficava toda vermelha, roxa mesmo de engasgar mas não desistia engolia de novo até ficar naquela posição estranha quase de cabeça pra baixo Marcos metendo até o talo garganta a dentro. Editei as imagens e passei pra outro cd já editado ...
«1234»