1. Fomos assaltados e molestados (penultima parte)


    Encontro: 29/09/2017, Categorias: Hetero; homo; assalto; estupro; foda; sexo anal; violação; reveillon;, Grupal, Autor: Wollaf, Fonte: CasadosContos

    Obrigada a todos que comentaram no conto passado, está sendo confortante contar a todos vocês o que aconteceu comigo e com meu maridinho. Conversei com o italo (não sei se Wollaf já se revelou como Italo mas já falei kkk ) esses dias e ele disse que se eu o ajudar a escrever os contos eu poderia, junto com o John , ficar trazendo contos para o site. Tenho varias aventuras juntos com meu corninho que adoraria contar para vocês. Olá, me chamo Mara e tenho 21 anos. Pedi ao Wollaf para contar essa história que aconteceu no ano novo. Ele sempre me contou que ama escrever para cá devido a receptividade de vocês então... Espero que colaborem comigo. É o meu primeiro conto e se gostarem eu vou escrever mais vezes para vocês e quem sabe criar um perfil somente para mim. Obrigada todos que comentaram o capitulo passado (quem não leu aqui está o link ~> Fomos assaltados e molestados (prt 1) http://www.casadoscontos.com.br/texto/e Fomos assaltados e molestados (prt 2) http://www.casadoscontos.com.br/texto/ Enquanto eu olhava para John chupando Mike, senti um fogo crescer em meu interior, não podia acreditar mas aquela cena estava me excitando. Kelvin do outro lado da cama abriu uma das gavetas e disse: - Olha Mike o que eu encontrei escondido aqui. Ao olhar na direção de Kelvin, o vi segurando um dos meus dildos que usava para brincar enquanto meu maridinho viajava. John parou de chupar Mike e ao me olhar eu disse: - Amor, antes isso do que trazer outro homem para a cama. Kelvin começou ...
    a rir e disse: - Olha so a putinha se assumindo, vamos ver se o seu maridão aprova o seu brinquedinho. Kelvin pegou um KY que estava na cabeceira da cama e passou por toda a extensão do dildo, caminhou até aonde eu estava e batendo em meu rosto com o dildo tirando o excesso do gel disse: - Gosta assim safada? Mordendo os lábios concordei. Kelvin bateu em minha bunda, caminhou até atrás de mim e mordendo a parte que fica entre a ppk e minha bunda disse: - Geme sua vadia. Kelvin pegou o dildo e lambusou minha bunda, insitou uma penetração e metendo rápido em minha buceta disse: - Pronto, misturei os dois lubrificantes agora vamos a brincadeira. Kelvin me puxou pelos cabelos, me posicionou atrás da bunda do meu marido e abrindo-a disse: - Mete esse Dildo no cu do seu marido. Meu marido tentou se esquivar mas levou uma cotovelada nas costas, novamente caí no pranto e Mike disse: - Kelvin, ajude a vadia a penetrar no marido dela. Faz ela arrancar o cabaço dele. kelvin se posicionou atrás de mim, senti seu cacete duro se alojando em minha bunda e a cabeça esfregando perto do meu anel, ofegante e chorando olhei para ele que rindo disse: - Gosta quando chega perto do seu anelzinho? Empina putinha, empina. Como se meu corpo obedecesse as ordens dele, lentamente fui empinando, senti Kelvin segurar minha mão e conduzir para a bunda do meu maridinho que gritava desesperadamente enquanto era forçado a chupar Mike. Quando menos esperei Kelvin empurrou minha mão com força contra a bunda de ...
«123»