1. Doce tentação cap 5


    Encontro: 26/09/2017, Categorias: Romance., Lésbicas, Lésbicas, Gays / Homossexual, Autor: erikkaa, Fonte: CasadosContos

    cap 05 -- Eu quero falar com você! Amanda entrou como um furacão , fechei a porta encarando-a ela estava ofegante deve ter subido a escada correndo. Gelei diante de seu olhar frio, o que eu diria pra ela? Podia sentir minhas pernas tremerem e um nó que se formou em meu estomago me impedindo de me mover ou dizer algo. -- Ahh você ta ai! - Fui salva por Lara que entrou direto -- Mãe desculpe mas vou roubar a Gio um instante. Disse pegando em minha mão me puxando pra fora do quarto. Só ai pude respirar tranquilamente agradecida por ter sido salva pela ruivinha que me levava em direção as escadas. -- Onde vamos? - perguntei curiosa já que a garota a minha frente apenas me puxava escada a baixo sem nada dizer. -- Lá pra fora onde você vai me agradecer por salvar a sua pele! Me mantive em silencio enquanto passávamos pela cozinha indo em direção a porta dos fundos, do lado de fora Lara me mandou sentar em um dos sofas que ali ficavam enquanto retornava pra cozinha. Fiquei observando o local, parecia mais um lugar usado em dias de churrasco. Tinha uma pequena pia improvisada ao lado da churrasqueira uma mesa grande e vários banquinhos espalhados.. -- Você tem o que na cabeça garota? - Disse a garota parada ao meu lado segurando uma garrafa de vodca e dois copos. Tenho que assumir que mesmo com meus 17 anos eu bebia, não com frequência mas sempre que o momento pedia mas não podia imaginar que Lara também, arqueei as sobrancelhas olhando em suas mãos. -- Que foi, achou que eu não ... bebia? Relaxa só trouxe algo pra gente se sentir melhor também estou uma pilha. Lara caminhou a nossa frente abrindo uma geladeira de onde tirou gelo e se pôs a preparar uma caipirinha enquanto conversávamos. -- Anda desembucha! - Me cobrou enquanto cortava um limão. -- Desembuchar o que? -- Eu sabia bem o que ela estava querendo dizer me fiz de desentendida pra não ter que responder. -- Por que tava olhando minha mãe daquele jeito? - Senti meu rosto esquentar e devo ter ficado vermelha, Lara sorriu me provocando -- Olhando não né Gio, você estava a comendo com os olhos! Me levantei tentando me retirar dali o mais rápido possível, já estava envergonhada não tinha que suportar gracinhas, mas parei com seu chamado. -- Espera ai! - E veio em minha direção- Sei que você não me conhece tão pouco confia em mim pra me contar algo, mas eu sei o que se passa com você porque já passei pelo mesmo. A olhei com curiosidade e resolvi sentar novamente, seja la o que tenha acontecido com ela me interessou o suficiente pra querer ouvi- la me contar. Lara terminou a caipira e sentou ao meu lado tirando um gole, apos uma pequena careta me passou o copo enquanto começava seu relato. -- Se lembra quando me perguntou o porque de Natália agir daquela maneira comigo e eu aceitar? - Assenti com a cabeça e ela continuou- Então ... Passamos horas ali conversando e quando fomos perceber a garrafa já estava quase no fim e nós praticamente bêbadas, Lara tinha uma história surpreendente e eu peguei mais raiva ...
«123»