1. Vale tudo por uma rola preta de 23cm II


    Encontro: 24/09/2017, Categorias: Heterossexual, Oral, Fetiches, Interracial, Dominação, Submissão, Chantagem, Presídio, Traição / Corno, Infidelidade, Autor: jornalista77, Fonte: CasadosContos

    Julia chegou ao presídio às nove horas da manhã. Mal havia conseguido dormir depois de ter experimentado a rola de Marcos. Sentia sua xoxota extremamente sensível e ainda um pouco ardida. Em casa, à noite, se masturbou feito louca com seu consolo enorme. Teve vários orgasmos fantásticos, gritando alto o nome do seu cliente. Ao acordar, não resistiu à tentação e quis mais. Nem mesmo telefonou para o escritório, explicando sua ausência. Pegou o carro e rumou para o presídio. Disse aos carcereiros que precisava falar, com urgência, com Marcos e foi à salinha de reuniões. Estava andando de um lado para o outro, esfregando as mãos e olhando direto para a porta, na expectativa de vê-la se abrir. Sua calcinha estava ensopada e não usava sutiã. Vestia uma calça cáqui social e uma blusa verde água. Deixara dois botões abertos, expondo um leve e sensual decote com seus seios desnudos. Finalmente, a porta se abriu e entraram Marcos e dois agentes penitenciários. Julia não se conteve e sorriu para ele. Pararam no meio da sala e ela já mandou que tirassem as algemas. Eles tiraram e saíram da sala. Sozinhos, Julia avançou contra Marcos, abraçando-o e beijando-o. - Calma, doutora. Eles ainda podem nos ouvir – disse Marcos. - Que ouçam. Eu passei a noite inteira, pensando em você e na tua rola. Eu quero ela de novo dentro de mim. Eu preciso dela outra vez – respondeu Julia. Ela mesma abriu sua blusa com um puxão forte e já começou a abrir o zíper do macacão de Marcos. Ele caiu de boca nos ... peitos da advogada, agarrando sua bunda com firmeza. Julia apertava a cabeça dele contra os seios, gemia e rebolava na cintura de Marcos, sentindo sua rola totalmente endurecida, estufando a calça do macacão. Depois de chupar bastante os peitos dela, Julia se ajoelhou, terminou de tirar a roupa do cliente e caiu de boca em seu piroca. Segurava com uma mão e escancarava a boca para engoli-la. Chupava com fúria e com fome. Sua cabeça subia e descia com rapidez e sua boca liberava muita saliva. Marcos sentia o gozo se aproximar e avisou. Julia, então, parou a chupada e se levantou. - Eu quero que você goze dentro de mim. Me pega aqui no sofá, querido. Me fode com força, vai – pediu ela. Tirou sua calça e calcinha e se deitou de bruços no sofá. Marcos se ajoelhou ao lado do sofá, abriu bem a bundinha dela e enfiou a língua. Chupou deliciosamente a bocetinha cheirosa e melada de Julia, que rebolava e gemia de muito prazer. Enterrou o rosto no sofá, entre os braços e passou a empurrar a bunda pra trás, contra o rosto de Marcos. Teve seu primeiro orgasmo, melando o estofado. Suas coxas tremiam do esforço e Marcos se deitou por cima dela. Encostou a cabeça do cacete na entradinha da xoxota e empurrou. Foi escorregando pra dentro dela e se alojando toda. Julia mordia os lábios e ganhia baixinho. Marcos não encontrava muita resistência na penetração. Apesar de ser muito grande e grosso e dela ser bem apertadinha, Julia estava encharcada e isso facilitou. Quando perceberam, Marcos estava ...
«1234...»