1. Raro Amor Cap.7


    Encontro: 13/09/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Oral, Teens, Gozo, Escuro, escondido, arrependimento, Ameça, Autor: Bruno, Fonte: CasadosContos

    Aff por que ele teve que me pedir em namoro? Por que ele não desistiu de mim? Eu sou tão importante assim ? Eu: Hã, bem, eu não sei. Will: Você só vai saber se vale a pena namorar comigo, namorando comigo. Eu: Mas eu estou confuso. Will: Eu acabo com sua confusão. Eu pensei bem, estava realmente irado com o Lucas, Decidi dar uma chance ao Will e a minha felicidade. Eu: Ta bom, eu namoro com você. Will pulou em mim e logo me deu um beijo, ele deveria estar muito feliz pois estava tão bom, ficamos lá nos beijando, até que decido parar. Eu: Ok chega, já estamos encrencado. Will: Eu estou muito feliz, tenho o melhor namorado do mundo. Eu: Para de me acostumar mal. Will: Vou tentar. Eu: Vamos logo para direção. Will: Quer ir para lá mesmo? Eu: Não, mas o professor mandou. Will: Vamos lá para o vestiário da quadra. Eu: Vai dar problema... Will: Quando dar o sinal nós entramos antes do professor chegar. Eu: Quer saber? Vamos logo. Subimos até o ultimo andar onde ficava a quadra, fomos direto para os vestiários. Entramos exatamente onde eu briguei com Lucas mais cedo, nem liguei, quero esquecer ele. Will fechou a porta, ficou escuro, me abraça e começa a me beijar, estava picante, gostoso, quentinho enfim estava maravilhoso. Ele fala: Will: Faz Um boquete igual a daquele dia. Eu: Não sei se deveria. Will: Anda, faz por favor. Ele pediu tanto que não resisti, me ajoelhei, baxei a bermuda dele e só de passar a mão por cima da cueca já dava para saber que ele estava excitado, decidi ... provocar, passei a língua pela cueca mesmo e fiquei nisso até ele falar. Will: Pare de me torturar, coloca na boca. Eu: Me obriga. Maldita hora que falei isso, ele baixou a cueca e apertou o pau na minha cara contra a parede. Will: Vai chupa essa rola safada, quer que eu enfie ela na sua boca? Eu: Tá bom, seu mau. Coloquei a cabeça na boca e fiquei chupando, Will vai la e enfia tudo de uma vez. Gemendo diz: Will: Ahhhh, isso engole ela inteira. Eu quase vomitei, mas continuei chupando, Queria apagar aquele fogo dele, sinto o pau dele latejar, chupei ainda mais, ele ia gozar quando estava tirando o pau da minha boca ele aperta na minha garganta gozando dentro Will: Isso, engole tudo. Tive que engolir aquela coisa nojenta, me levanto ele me beija, quando termina diz: Will: Preciso de você para sempre. Eu: Talvez eu seja seu " para sempre" Will: Quando vai liberar esse cu? Eu: Vai demorar, você me maltratou hoje. Will: Eu bati punheta ontem pensando em você, tive que aproveitar. Eu: Me fez engolir essa coisa nojenta. Will: Faz passar a fome. Rimos, conversamos como seria agora, fizemos promessas, e o sinal acabou tocando. Will: Já tocou? Poderia ficar conversando com você para sempre. Eu: Chega dessa eterninadade, vamos para sala. Saímos do vestiário, descemos a escada para o quarto andar, quando eu me encontro com o Lucas. Ele diz: Lucas: Bruno me desculpa fui um babaca com você, vamos quero voltar a ser seu amigo. Estava com raiva dele, muita, mas ao ver aquela cara eu não ...
«12»