1. Iniciada Na Putaria E Incesto I (Por Jane)


    Encontro: 13/09/2017, Categorias: Incesto, Grupal, Autor: rodrigosacana78, Fonte: CasadosContos

    Iniciada Na Putaria E Incesto I (Por Jane) Boa noite meninos e meninas tesudas de todo o país, aqui quem conta é a Paula, gauchinha de 20 anos e típica da região, 1,70 e 65 kg, 20 aninhos e com uma história deliciosa para contar, a primeira de como perdi minha virgindade, aos 17 anos, idade em que minha família acha apropriado formar uma puta, rs... Tenho cabelos loiros e escorridos, coxas grossas e bunda redondinha, bem, eu já tinha alguns namorados aqui e ali, mas ainda era virgem, e minhas curiosidades sobre sexo já estavam loucas, e reparava minha mãe, com 37 na época, e meu pai, com 40, sempre me desviarem para escanteio na casa de algum parente de vez em quando, até a data que completei meus 17 anos. Nesse dia minha mãe conversou comigo pela manhã, me dando parabéns com muito entusiasmo, de camisola e sem nada por baixo, falando que iria conversar comigo e que eu teria uma surpresa deliciosa a noite. Sempre notei também que ela não tinha muitos limites com os amigos e meu pai também com as amigas, e ela me explicou que eles tinham um relacionamento aberto, e que muitos casais tinham isso, eu fiquei pasma, meu pai apareceu roçando a pica em mim só de pijamas, eu não estava absorvendo muito bem aquilo, e o dia seguiu normal com a tal surpresa que meus pais prometeram, fui ao shopping com minha mãe, e voltamos já pela noitinha, quando encontramos meu pai só de sunga em casa, bastante bebida e animado, minha mãe (Aline, morena com 1,65 e 50 kg) me puxou me levando ao ... quarto, estava lindo, a cama de casal deles forrada impecável, e ela começou a encher a banheira da suíte, colocando em mim um biquíni indecente, e pulamos na água, eu perguntei: - Mãe, que vamos fazer aqui??? Ela foi se aproximando e me deu um beijo, eu correspondi e senti suas mãos em meus seios, eu arrepiei, quando senti algo a mais no meio, era a pica do meu pai (Rodrigo, loiro com 1,80 e seus 70 kg), e começamos as duas a lamber, sentindo a gosma sair pela cabeça, e logo ele me colocou de pé, arrancando meu top e mamando meus seios, me dando um beijo muito molhado... Quando tocou o interfone, minha mãe autorizou a entrada e me pediu que atendesse, mas do jeito que estava... Então fui à porta com muita vergonha, e estavam ali o Rafael e o Mauro, dois colegas do colégio que eu já tinha dado uns pegas, muito tesudos e gostosos, o Rafael já colou em mim, me dando um beijo tesudo, o Mauro em um segundo estava de sunga, subimos ouvindo minha mãe chamar, e estavam ela e meu pai num frenético amasso no quarto, as bebidas nos copos e logo os meninos puxaram meu biquíni, expondo minha xana com pêlos ralos e bem desenhados, molhada, quando minha mãe veio e começou a abrir minha xana, depois me ajoelhando e colocando a sua perto da minha boca: - Dá um beijo na xana da mamãe, Jane!!! Meu tesão foi imediato, e eu puxei a sunga dos meninos para baixo, lambendo minha mãe, que gemia, e o cacete do meu pai, por baixo da xana da mamãe, me deliciei punhetando os meninos, que gemiam e beijavam ...
«123»