1. Hospedagem do amigo, parte 7 segunda semana.


    Encontro: 13/09/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: pedrobrasilia, Fonte: ContoEroticoComBr

    Oi, de volta aos relatos das loucuras que estão acontecendo desde que hospedamos nosso amigo Carlos e para não perder tempo começo de onde parei na parte seis. Confesso que depois das delicias e loucuras do sábado, passamos de domingo até quarta assim meio que afastados, eu por estar meio que perdido, Carlos procurando ser discreto e Andressa, creio que pelo excesso de gozadas e por estar com a xota e o cuzinho ainda doloridos ficou na dela, tanto que quarta a noite toquei a mão na buceta e ela meio que retraiu, mas acabou se excitando e disse que queria gozar com uma mamada, comecei a chupar aquela bucetona tarada, ela acabou gozando na minha cara e me retribuiu com uma mamada deliciosa na pica e como sempre enfiando o dedo no meu cu até me fazer gozar em sua boca e depois ficamos conversando. Claro que bolando sacanagens, ela começou dizendo que queria ver Carlos por aquela picona toda no cu de alguém, eu disse que seria impossível, que era exagerada, mas ela lembrou que um de meus diretores, Mauro, que é um louro de olhos verdes na faixa de trinta e cinco anos, tipo bonitão, especialista em bolsas de valores, o qual estou sempre elogiando dizendo que é um de meus melhores executivos, mas que embora com toda pinta de homem, mas como nunca o vimos com ninguém, nenhuma história, nem para sim nem para não, claro não só eu, mas outros, até por despeito, gostamos de dizer que acreditamos ser gay. Andressa como sempre, uma ideia privilegiada para sacanagem, disse que poderíamos ... convidar Mauro para jantar conosco sexta ou sábado e o observaríamos, sabendo que Carlos é bi e sempre esta exibindo o volume do pirocão, segundo ela, se Mauro for gay vai dar na pinta e ela os encorajará para irem para cama. Nesta quinta, como faço rotineiramente no almoço, chamo um ou mais de um dos diretores para almoçarem comigo, chamei Mauro, como sempre para aproveitarmos o almoço e colocar os assuntos do departamento dele em dia, tudo rotina normal. No almoço tratamos dos assuntos de trabalho normalmente até que encerrei dizendo que não queria mais falar de trabalho e queria prolongar o almoço para relaxar um pouco, e começamos a falar de muitas coisas e abrimos uma exceção para uns drinks no horário de trabalho, minha intenção era deixa-lo mais relaxado e ver até onde ia. Acabei ficando mais relaxado do que deveria, acho que ando meio fraco para bebida, e me surpreendi achando Mauro bonito, aliás muito bonito e começaram a vir pensamentos de ir para cama com ele, de enraba-lo, fazer dele uma putinha, o colocar de calcinha etc.. Mauro por sua vez, começou a se comportar diferente, falando, não sei como explicar, meio mole, fazendo gestos, pelo menos eu interpretei como trejeitos, não sei se realmente eram, se era o álcool ou só meu desejo de que ele fosse gay e me desse o cuzinho, aliás adoro penetrar um cu, colocar alguém assim de quatro e meter o pau todo no cu dá um prazer indescritível, e a sensação de ser dono, possuir, entrar, arrombar, sei lá, e vendo que quem ...
«123»