1. Na despedida de solteira, virei corno


    Encontro: 13/09/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: arlanvix, Fonte: ContoEroticoComBr

    Meu nome é Fernando e vou relatar a história de quando me tornei corno. Sou casado a 6 anos, tenho 32 anos e minha esposa tem 31 anos. Somos um casal comum como qualquer outro. A um ano atrás a amiga de minha esposa iria se casar e resolveu fazer uma despedida de solteira que seria organizada pelas amigas. Faltando um mês para o casamento minha esposa comentou comigo que esta amiga faria uma despedida de solteira, fiquei com receio já que conhecia algumas outras amigas em comum da noiva e sabia que eram meias safadinhas, então comecei a especular onde e como seria essa despedida. Ela de imediato desconversou dizendo que não sabia ao certo, pois as amigas da noiva ainda iam começar a organizar para que a festa fosse uma semana antes do casamento. Com 15 dias antes do casamento minha esposa novamente comentou sobre a despedida, disse que seria na casa de uma das amigas da noiva e que seria em uma sexta-feira, que começaria às 20:00 horas e seria obviamente só para mulheres. Então novamente comecei a especular como seria, se teria brincadeiras como seria essas brincadeiras e tudo mais, só para e ficar desencanado é claro. Então ela começou a explicar que teria sim brincadeiras, que haveria bebidas e salgadinhos. Eis que ela vem com uma conversinha de que uma das amigas havia contratado um stripper, mas que não rolaria sacanagem, que seria um profissional, onde faria uma performance apenas para animar a festa, questionei perguntando como seria essa tal performance e ela ... respondeu que seria um Stripper que iria fantasiado e então iria fazer o stripper para as mulheres, mas que não ficaria totalmente nu não, que ficaria só de cuecas, já que foi uma exigência de outras amigas casadas. Não gostei, mas fiquei de boa… Durante a semana fiquei com tom de brincadeira, questionando que ela iria ficar olhando outro homem só de cuecas se sensualizando… Ela também em tom de brincadeiras disse que não era nada de mais, que só amava um homem e que não daria nem moral para o Stripper, mas que olhar não arrancava pedaço. Chegando então na sexta-feira cheguei do serviço e inventei uma dor de cabeça disse que iria tomar um banho e iria pra cama descansar, ela prontamente me deu um remédio e assim fui para cama, onde logo fingi estar dormindo, porém fiquei só a observando. Já por volta das 20:15 horas ela começou a se arrumar para a festa… Minha esposa sempre foi muito conservadora e recatada, roupas sex é raro ela usar apesar de ter um corpo escultural. Fiquei então fingindo estar dormindo, porém só a observando, quando vi ela colocando uma calcinha fio dental branca de renda transparente na frente já fiquei tremulo, minha esposa não costumava usar de forma alguma esses tipos de calcinha para sair, usava apenas em casa quando íamos fazer amor. Me segurei e permaneci a observa-la, ela então colocou uma calça montaria coladinha no corpo que marcava seu bumbum e sua perereca, por fim colocou uma blusinha de lycra coladinha e sem sultien, com as costas toda a mostra e ...
«12»