1. MEU GRANDE AMOR 4


    Encontro: 12/08/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Confuso, Amor, beijo roubado, terceira pessoa, esbarrão, Autor: Juniorcx8, Fonte: CasadosContos

    Olá gente,que bom que vocês estão gostando! Vamos acompanhar mais um capítulo,hoje promete! +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ [...] Fiquei sem graça e apenas consenti. Quando soltei a sua mão e voltei para fechar a porta ele segura a porta e me dá um selinho, mas logo fecho a porta e saio correndo para o meu quarto. Deito na minha cama e começo a sorrir feito criança, passo os meus dedos nos meus lábios e fico imaginando o toque dos lábios do João com o meu,mesmo que tenha sido por meros segundos,mas que significaram e despertaram algo em mim. Logo após o meu devaneio,ligo o computador e fico jogando um pouquinho,minutos depois recebo uma mensagem no Whatsapp do João. João: Carlos,desculpa! Não queria ofender você. Carlos: Não,tudo bem. João: Então,você gostou? Carlos: Não sei dizer! João: Eu não aguentava mais,Carlos! Eu olho para você todos os dias,você no meu carro,sorrindo,conversando comigo meio que indiretamente,mas conversando,e eu não consigo parar de pensar em você. O que eu vou responder?! Ele é uma pessoa extraordinária. Sei que ele é mais velho,tem mais experiência,mas eu tô confuso. Também tem o Henrique! Carlos: João,você é uma pessoa extremamente amável! Só isso que eu consigo dizer para você! João: Obrigado,hehe. De certa forma,pensa no que eu te disse! Apenas envio um ‘sticker’ (emoticon) e desligo o wifi. Desligo o computador,pois eu não consigo parar de pensar no João,no que ele me ... disse,no selinho que ele me deu,enfim. Fui tomar uma ducha e logo desci para o jantar e a minha mãe não parava de falar do vizinho,melhor do João. No sábado,levantei um pouco mais tarde,não havia aula e nem nada para fazer,aleluia! Meus pais resolveram ir para a casa da minha vó no município próximo e eles só voltariam no final da tarde de domingo. Assim que levanto da cama,apenas de cueca samba canção,ouço a campainha tocar. Pego uma camisa e visto e desço para ver quem é. A pessoa era insistente,não parava de tocar. Assim que chego à porta,me deparo com o Henrique,em pleno sábado ás 10:00 da manhã. Carlos: Bom dia Henrique! Henrique: Que cara de morto é essa? É assim que você recebe as visitas? Carlos: Afs Henrique! Sem me encher o saco uma hora dessas,tá? Henrique: Beleza! Desculpa te acordar. Tentei falar com você ontem,mas seu celular só dava caixa,você não estava online,vim te ver. Carlos: Resolvi dormir cedo ontem. Desliguei o telefone,estava estressado! Henrique: Quem é que você está evitando encontrar,para desligar o telefone? Carlos: Ninguém! Apenas fiquei de saco cheio! Henrique: Beleza então. Onde está tia Célia e tio Alberto? Carlos: Meus pais foram para a casa da minha vó,só voltam amanhã. Henrique: Hm... Carlos: Olha,vou escovar os dentes,beleza? Henrique: Carlos,espera! Tenho um negócio na sua boca. Carlos: Hm? O que é? Imediatamente,o Henrique me agarra e me beija ardentemente. Logo ele começa a apalpar a minha bunda e colar o seu corpo junto ao meu,mas logo eu o ...
«12»