1. EU E MEU AMIGO-VIZINHO, O PAULO.


    Encontro: 12/08/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: breninho, Fonte: ContoErotico

    Eu morava perto de Paulo, meu amigo, eu sempre tinha vontade de penetrar aquela sua bundinha, ele tinha 1,20 de altura, 30 kg, era pardo, magro e tinha uma bunda safadinha com um cuzinho preto e apertado... Ele morava do lado da minha casa e depois sua mãe, ele e a sua irmãzinha se mudaram para outra rua do bairro. Depois que ele se mudou nunca mais tínhamos brincados juntos, depois de um tempo ele veio brincar aqui perto da minha casa onde tinha um terreno cheio de mato alto e lá no fundo tinha um pé de acerola, paulo veio brincar aqui e resolveu ir pegar acerolas, eu vi que ele estava só e resolvi segui-lo, chegando lá eu falei com ele e depois começamos a pegar acerolas.. Eu peguei algumas e fiquei ali mesmo comendo ás de coca ( abaixado ) e ele resolveu ficar pegando acerolas bem na minha frente com a bunda bem na minha cara, aí e peguei segurei a cintura dele e enfiei minha cara naquela bunda gostosa, E ele falou com um sorrisinho safado : Paulo: Hum, sai rapaz ! Eu: Porque paulo ? Deixa eu comer teu cú ? Ele me respondeu com um jeito mais safado ainda, Paulo: Eu não ! Quero não, Hehe ! Eu: Deixa, você vai gostar ! Se tu deixar eu te comer eu te dou meu ... carrinho. Paulo: Pois vai lá buscar o carrinho ! Eu sai pra buscar o carrinho e quando eu voltei ele ainda tava lá. Eu: Olha aqui o carrinho pega ! Deixa eu te comer gostoso ? Paulo: Tá bom eu Deixo. Depois dele dizer que deixa eu convidei ele pra ir pra dentro dos matos, e ele aceitou, Depois pedi pra ele ficar de quatro mas ele não sabia o que era isso então pedi que ele ficasse que nem uma cachorrinha e ele ficou. Então eu abaixei a roupa dele, abri o cú dele e meti a língua várias vezes e ele gemia muito, depois eu dei uns beijos nele e abri seu cú novamente e comecei a pincelar sua entrada depois fiquei forçando a entrada várias vezes mas não deu certo, tentei de novo mas só entrou a cabecinha , tentei meter mais mas ele gritou de dor então resolvi ficar só no coça-coça até gozar no seu cú, depois limpei a gala com minha língua e nos beijamos novamente, Levantei ele, subi a roupa dele e mandei ele chupar meu pau, ele chupou bem gostoso parecia que já sabia, ele me chupou até me fazer gozar, ele lambeu e engoliu tudo... Depois tomei meu carrinho e mandei ele ir embora haha, no outro dia ele voltou querendo mais coça-coça e beijos... Rolou muitas outras fodas igual a essa.
«1»