1. No banheiro do carrefour


    Encontro: 11/08/2017, Categorias: pauzão, dotado, comedor, URSO, Coroa, mamando, chupeta, banheiro, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: dfaque, Fonte: CasadosContos

    Olá pessoal!!! Vou relatar um experiência gay que tive algum tempo atrás, sou moreno claro, alguns pelos no coro, 26 anos, 85kg e 1,85cm de altura, cabelo raspado, nunca tinha tido relações com outros homens antes. Pois bem, sempre foi uma pessoa bem tranquila, eu lia histórias de pessoas que faziam sacanagens em banheiros públicos mas não acreditava muito nessas histórias, sempre que eu estava em algum banheiro e entrava alguém que parecia ser gay, sempre rolava uns olhares mas nunca passava disso. Na última sexta feira precisei passar no mercado para comprar umas coisas para o final de semana, minha geladeira estava bem vazia rsrs sai do trabalho correndo e fui para o Carrefour, cheguei lá por volta das 19h e fui fazer minhas compras... após um tempo estava com a bexiga em prantos, louco pra dar uma mijada, perguntei a um funcionário se tinha alguns banheiro para clientes, já que eu nunc havia ido ao banheiro do Carrefour antes... o funcionário me indicou o caminho e fui, cheguei lá era uma portinha bem escondida abri, entrei e tinha três mictórios e dois box, era bem escondido o banheiro... fiquei no mictório do meio, saquei o pau e comecei a me aliviar, poucos segundos depois a porta se abriu, tomei um susto, entrou um cara, careca, grande aparentando ter uns 45 anos, com camisa aberta no peito, mostrando alguns pelos, ele parou ao meu lado abriu o zíper e sacou o pau pra fora, não sei porque mais fiquei olhando pra sua rola, era branca e com um pouco de pele cobrindo a ... cabeça, tentei disfarçar mais já era tarde, ele tinha percebido a minha secada em pau e ficou com um sorrisinho sacana de canto de rosto. Fiquei meio sem jeito com a situação, mas eu sentia um vontade louca dentro de min de dar mais uma olhadinha naquele rola, ele já tinha terminado de mija, estava espremendo o pau, fazendo movimentos pra frente e pra trás expondo a cabeça e tirando as últimas gotas de mijo do seu cacete, parecia que estava punhetando seu pau lentamente para min assistir, apesar do tesão fiquei meio sem graça de estar olhando para seu pau... guardei o meio que já estava meia bomba e fui lavar minhas mãos, de repente ouço um sussurro dizendo ei, ei psiu, quando olho para trás estava ele estava ainda com o pau na mão se punhetando e olhando para min, ele não disse nada, apenas se dirigiu a um dos boxes e encostou a porta, mil e uma coisas se passaram pela minha cabeça, mas no fundo eu sabia o que aquilo significa, era quase como que um código para homens, como se ele quisesse me dizer, estou a fim, entra aqui... Após alguns segundos pensando, tomei a decisão, fui até a porta e abri lentamente, lá estava ele com um sorriso no rosto me esperando e com o pau pra fora, em um movimento rápido ele me virou e me sentou no vaso, fiquei com a cara na altura de seu pau, bem perto da minha boca, eu estava embriagado com o cheiro que o seu sexo exalava, não sabia que a pica de outro macho era tão cheirosa assim, percebendo que eu estava aproveitando ele abaixou as calças ...
«12»