1. O Montador de móveis


    Encontro: 09/08/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: josesliv, Fonte: ContoErotico

    Olá pessoal, vou aproveitar o espaço para relatar a minha desventura (nem preciso dizer que é real, mudei nomes e omiti certas coisas apenas para não ser específico demais)!Me chamo José, sou moreno claro, 28 anos, tenho 1,73, olhos e cabelos escuros e depois que casei relaxei e ganhei peso estou com 90kg. Sou casado com uma morena linda chamada Karla, 32 anos, com 1,50, olhos claros, cabelos cacheados e muito bonita de corpo.Completamos a pouco tempo um ano de casados, mas já estamos no nosso relacionamento a cinco anos. Nosso relacionamento após o casamento ia muito bem até o dia em que precisei viajar para outro estado, pois minha família mora lá e tinha de resolver alguns pepinos, como estávamos recém casados e a grana estava curta contei com a compreensão da minha esposa em deixá-la em casa nessa viagem, permaneci apenas uma semana fora e podem acreditar não fiz absolutamente nada. Ao chegar em casa Karla estava uma fera, nem quis me olhar, passamos uma semana sem sexo ao término da semana ela apenas me advertiu: “Chumbo trocado, não dói, ok baby?!”.Desde então minha vida havia se transformado completamente, pensei que ela iria aproveitar a primeira deixa e me colocar logo um belo par de chifres, por isso deixei uma vizinha muito fofoqueira de olho nela e passei a acompanhar seus movimentos nas redes sociais, porém após quase um ano depois não havia nada na conduta dela que desabonasse suas ações. Entretanto, ontem precisei fazer um exame médico já há muito tempo adiado ... e como ganhamos uma mesa nova combinei com o montador e tudo e ficou acertado de que ele viria justamente no período da manhã em que eu estaria fora (ontem São Paulo estava péssima devido as chuvas, por isso demorei ainda mais).Saí as 5h da madruga e retornei exatamente as 12:30, móvel montado e almoço pronto não desconfiei de absolutamente nada, exceto por ter encontrado o montador na saída do prédio com o uniforme da empresa de montagem e ter oferecido a ele uma grana de gorjeta e o cara um negro de mais ou menos 1,90, bem feito de corpo estilo mesmo o pessoal que presta esse tipo de serviço e ele recusou dizendo: “Ei chefe, nem precisa agradecer pra mim foi um PRAZER!!” não entendi nada... Ao chegar os lençóis de cama e a roupa de banho trocadas, daí esperei Karla ir dormir e ela parecia exausta e interfonei para D. Raimunda nossa vizinha ela parecia em choque e apenas disse: “Zé precisamos nos falar agora”, fui até seu apartamento as 20h e ela me contou o seguinte: “Olha como o senhor havia me pedido fiquei de olhos e orelhas em pé, hoje de manhã por volta das 8h assim que voltei da ginástica na praça ouvi ruídos e risadas que identifiquei logo que não eram do senhor e vinham do seu quarto, resolvi descer e com a chave reserva que o senhor me deu entrei bem devagar no seu apartamento, como a sua sacada permite uma boa visão do seu quarto devido ao espelho do quarto me aguachei e fiquei observando. Havia um rapaz negro que deveria ter quase 2 metros de altura e sua esposa ...
«1234»