1. De volta a vida!


    Encontro: 08/08/2017, Categorias: Traição / Corno, Autor: tempestade, Fonte: ContoErotico

    Me olho no espelho e me assusto com o que vejo: um jeans surrado, uma camisa mal passada jogada com displicência por cima, um coque alto e desarrumado... Ah, sim... Olheiras enormes, pequenas linhas finas em derredor delas e um rosto abatido de cansaço, acabei de chegar do trabalho e estou destruída!Sou a Christina, e na época tinha 26 anos, casada, duas crianças e um trabalho mal fadado num escritório de loucos, estou a ponto de ter um colapso nervoso, a casa está uma bagunça, o marido bêbado que dorme na varanda, as crianças de férias na casa da avó. A casa cheirava a álcool... Do banheiro escuto o telefone da sala tocar:-alô?!-onde você esta? O bloco cirúrgico já está pronto, o paciente esperando, só falta a porra do anestesista! Venha logo!-senhor, acredito que há um equívoco.- você não é a Helena anestesista?!-Não, sou a Christina Administradora.-Ops!!! Perdão senhora, o número é praticamente igual. Peço desculpas pela forma que falei. Tenho que desligar, estou prestes a entrar numa cirurgia...-Tudo bem, boa sorte.Desligo o telefone, que homem louco.Volto para o banheiro, tiro minha roupa sem prestar atenção em nada. A minha vida é trabalho e sexo no momento, tornou-se secundário. Eu, coloquei na minha cabeça q isso não tem importância. Embora saiba que meu marido vive tendo casos.Abro o chuveiro e a ducha quente me conforta... Pego uma espuma de frutas vermelhas de um aroma doce e sofisticado e passo no meu corpo... Sinto meus seios, grandes e firmes... Descubro minha ... barriga enxuta, e meu sexo peludo, quente e carente... Passo a mão, faço bastante espuma no local... O telefone toca novamente, droga!!! Pelo horário só pode ser minha mãe. Visto o roupão e corro pra atender..-Mãe, quando terminar de tomar banho te ligo.-Banho?! Não quero atrapalhar, a cirurgia foi cancelada, estou aqui novamente pra me desculpar da grosseria, embora tenha sido engano, e não lhe conheça, senti necessidade de ligar novamente...-Certo, mas não se preocupe. Está tudo bem...-Como é seu nome?! O meu, Jorge, sou cirurgião, isso VC já deve saber...Certo, o meu raciocínio lógico diz pra desligar o telefone e deixar de conversa fiada com estranho mas o meu lado irracional vence:-Jorge, sou a Christina, te falei há pouco e acredite, está tudo bem... Eu também ando bastante estressada. Entendo-lhe.Falamos uns trinta minutos sobre amenidades, sobre o trabalho, sobre a vida. Um resumo sobre nossas existências...-Onde você mora? Tô saindo do hospital, passo por aí, não quer jantar comigo?!Comecei a tremer, um encontro?! Eu não estava pronta, sequer tinha terminado o banho, e me sentia horrorosa!-Jorge, acabei de chegar do trabalho e francamente estou bem esgotada.-Oras moça! Vamos lá... Uma aventura com um estranho pode ser bem divertido!-Ou perigoso! Disse, já super ansiosa!Escuto o marido bêbado roncar, volto a sentir o aroma desagradável da bebida... Respiro fundo e digo:-Certo, te encontro no centro em trinta minutos.-OK, garota. Em trinta minutos então!Ai meu Deussss! ...
«123»