1. Debaixo da mesa


    Encontro: 06/08/2017, Categorias: Com Fotos, Grupal, Autor: Rosiane P., Fonte: ContoEroticoComBr

    duro, era branco e tinha uma cabeça vermelha grande. Comecei bem devagarinho, lambendo a cabeça, como eu vejo nos vídeos que tenho assistido na internet. Estava quente, e pulsava. Tinha um gostinho meio salgado. Eles eram todos homens bem cuidados e limpinhos, mas estavam trabalhando o dia todo, não tinha como estar muito cheiroso. Aquilo me excitava, lambi ele passando a língua por todo o pênis, segurei um pouco o saco sentindo o peso, senti as bolas grandes, fiquei passando só a pontinha da língua, na ponta do pênis, cheirei um pouco, e meti na boca, comecei chupar com força e ouvi o gemido dele lá em cima, e os outros rindo. Fiquei orgulhosa, sabia que estava dando muito prazer pra ele, e sabia que logo ia encher a boca novamente. Não deu outra, o pau dele começou a pulsar muito, e eu continuei chupando forte, queria fazer o safado gemer mesmo! Senti os jatos na garganta, vários jatos seguidos que quase me afogou, mas continuei chupando forte, aumentei a velocidade da chupada enquanto ele gozava. O loirinho gemia lá em cima, tentava disfarçar, pra não chamar atenção, fazia de conta que estava tossindo, os outros só riam. Eu judiei dele mesmo, engoli tudo e continuei chupando forte até ele não aguentar e tirar o pau da minha boca. Eu estava louca de tesão nesta hora, o meu chefe me deu um pênis de borracha por baixo da toalha, na hora eu não quis, achei humilhação enfiar aquilo em mim. Nisso o velho pegou minha mão e colocou no pênis dele, eu movimentei um pouco e não ...
    perdi tempo, me coloquei de frente pra ele e comecei chupar também, mais um. Ele tinha um pau grosso, com um saco grande pendurado, com pelos meio grisalhos. Foi o que tirou mais da calça, desbotou bem e abaixou as calças pra deixar o saco bem à mostra o safado. Ele que mais demorou, fiquei um tempo chupando ele. O outro rapaz, o de 30 e poucos anos, estava sentado ao lado dele, pegou minha mão e colocou no pênis dele pra eu ir masturbando também enquanto eu chupava o velho. Eu revesei um pouco, comecei à chupar o rapaz um pouco, e voltava no velho. Uma hora estava chupando o velho, e com a mão no pau do rapaz, e ele me puxou anunciando que ia gozar. Não deu tempo, antes de colocar na boca, o pênis dele soltou um jato forte de porra, pegou na minha roupa, eu coloquei rápido na boca, e recebi os outros jatos todos dentro, fiquei preocupada em ter manchado a blusa. Acabei de chupar ele e voltei no velho, eu não aguentava mais de tesão, peguei o pinto de borracha que ainda estava ali debaixo, e comecei a meter em mim mesma enquanto chupava. O velho já estava quase gozando também, eu percebi que ele ia gozar, e comecei meter bem forte o pinto de borracha em mim mesma, eu queria gozar junto. Comecei a ter um orgasmo muito forte, e o velho safado, foi só ouvir meus gemidos, e ejaculou na hora, acho que ele estava se segurando o sem vergonha, por isso estava demorando. Gozou muito este velho, foi tanto que até me afogava, quase não consegui engolir. Sai dele e fui para meu chefe, mas ...