1. EU PENSAVA QUE A MINHA IRMÃ FOSSE VIRGEM


    Encontro: 19/06/2017, Categorias: Incesto, Autor: fofoqueiro, Fonte: ContoErotico

    Eu morro de tesão pela minha irmã Laura eu já bati varias punhetas pensando na sua bunda gostosa, minha irmã é uma gracinha ela é linda simpática e muito amorosa, ela sabe que ela é gostosa e que tem os homens aos seus pés principalmente eu que sou o seu irmão e o seu admirador, ela era uma delicia uma bundinha redondinha e empinada um par de seios lindos e uma boquinha carnuda e muito sexy só de olhar praquela boca maravilhosa, eu já ficava de pau duro e louco para beijar aquela boca gostosa eu não me sinto culpado pelo relacionamento que tive com ela, principalmente pelo fato dela ter me provocado tanto e ter me deixado louco de tesão a ponto de não conseguir resistir e ataca lá como fiz. Ela sabia que o meu ponto fraco era a sua bundinha gostosa e de propósito ela andava bem à vontade dentro de casa ao ponto da minha mãe chamar a sua atenção por diversas vezes, talvez a minha mãe já tivesse notado os meus olhares pra cima dela e ela já não eram mais tão inocentes porque apesar dela ser bem novinha e com autorização da minha mãe ela já tinha namorado com dois rapazinhos da sua idade e ficavam até tarde namorando no portão de casa, todos os dias quando ela chegava do colégio ela tirava o uniforme e colocava um vestidinho curtinho que não cobria quase nada e durante a sua caminhada dentro de casa ela ficava com parte da sua bundinha de fora ou ela colocava uma minúscula calcinha socadas no meio da bunda ficava sem sutiã e ia tomar sol no quintal para ficar com o corpo ... bronzeado se branquinha já era uma delicia queimadinha então era uma loucura eu ficava doido de tesão e me acabava na punheta. No domingo a tarde a minha mãe saiu com o meu pai e nós ficamos sozinhos em casa eu estava assistindo um filme na tv. Mas o filme era forte e começou aparecer varias cenas de sexo a minha irmãzinha também estava na sala ela estava lendo um livro e não estava nem ai para o filme, mas com tantas cenas de nudez eu acabei me distraindo e esqueci por alguns instantes que a minha irmãzinha estava ali na sala, fiquei tão excitado com as cenas e fiquei com o pau duro e quando me lembrei da minha irmãzinha eu olhei rapidamente pra ela e ela estava me olhando e sorrindo com uma carinha de safada, eu fiquei com muita vergonha e muito sem graça dela me ver de pau duro, nisso ela saiu da sala eu aproveitei para me ajeitar e esconder o meu pau logo depois ela voltou ela tinha tirado o vestido e estava usando calcinha e uma camiseta bem curtinha ela foi até a janela abriu a cortina e ficou debruçada olhando pra fora eu olhei pra ela e vi que ela estava só de camiseta e calcinha a sua calcinha estava socada no meio da bunda com aquela bunda pelada redondinha linda e maravilhosa bem diante dos meus olhos, eu fiquei louco e fiquei olhando e admirando aquela bunda seminua na minha frente, parecia que aquela bunda estava me chamando o meu pau parecia que ia explodir de tão duro que estava. Tentei me controlar ao máximo possível, mas não resisti o meu tesão falou mais alto e fui ...
«123»