1. Comi meu vizinho pegador e marrento!


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: superdiscreto, Fonte: ContoErotico

    as vezes me masturbava e fazia garganta profunda, eu pressionava a sua cabeça contra o meu pau.Depois de 10 minutos de boquete eu perguntei se ele liberaria o cuzinho pra mim, ele disse que sim, mas só que eu tinha que ser carinhoso pois era a segunda vez dele, eu disse que meteria devagar, fomos pro quarto, chegando lá, tiramos todas as nossas roupas, ficando frente a frente ambos pelados, ele se aproximou, me abraçando e me dando um beijo de língua e dessa vez eu retribui, ficamos roçando os nossos paus um no outro enquanto tocávamos um no tanquinho do outro. O Henrique era mais lindo de perto, seus olhos azuis, seu corpo sarado, lábios carnudos e vermelhos, voz e cara de macho safado, chegou a hora que eu tanto sonhei, botei ele de frango assado, e aproveitei pra chupar o seu pauzão, era enorme, grosso, cabeçudo e cheio de veias, lambi a sua barriga sarada e chupei mais um pouco o seu pau e lambi seu sacão peludo e bati uma pra ele. Depois o coloquei de 4 e apertei as suas nádegas durinhas e peludas, meti dois de dedinhos no seu cu, e comecei um cunete gostoso e babado, dava tapas, mordisquei seu cu e ele gemia e depois pincelei o meu pau na portinha do seu cu, pus a camisinha e fui enfiando devagar, cm por cm do meu pau, ele apenas gemia,eu parava um pouquinho, mordiscava a ... sua orelha e continuava, até que eu já estava todo dentro dele, um minuto depois eu comecei a bombar devagar e fui acelerando as estocadas cada vez mais rápido até o som dos nossos corpos ecoarem pelo quarto, ficamos assim por alguns minutos. Depois coloquei ele de frango assado e o fodi muito olhando a sua cara de tarado,enquanto eu o masturbava , em seguida ele sentou em cima e cavalgou gostoso no meu pau, aquele macho marreto que pegava todas as meninas virou uma verdadeira putinha no meu pau, uns 10 minutos depois eu anunciei que iria gozar,ele prontamente pediu pra que eu gozasse na boca dele, coloquei ele de joelhos e bati uma punheta demorada, dei uma surra de pica na cara dele até gozar muito,os jatos foram na cara dele e na boca, mas ele ainda não tinha gozado, deitei ele na cama de barriga pra cima e comecei a masturba-lo até gozar na minha mão.Caimos exaustos, nos beijamos novamente e ele me confessou que era afim de dar pra mim e que tinha me achado gostoso, depois tomei banho e fui pra casa, continuamos transando escondido por uns 6 meses, mas ele e sua família tiveram que se mudar para outra cidade e eu perdi contato com eles.Esse foi o meu conto, espero que tenham gostado, desculpe pelos erros ortográficos e e pelo alongamento do conto, não deixem de votar e comentar!
«123»