1. Uma nova chance de ser feliz. Cap .7


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Edward, Fonte: CasadosContos

    Abri meus olhos com dificuldades .A luz forte feriu meus olhos. Olhei em volta e percebi que estava em um hospital . Tentei levantar mas sentir um incômodo no estômago. Tentei de algum jeito ficar mas confortável ,mas percebi que o colchão ou seja lá no que eu estivesse deitado era muito desconfortável. Parecia uma tábua . Eu comecei a me lembrar o porque de eu estar ali .A cena de Lucas me beijando invadiu minha mente .Ainda podia sentir seu lábios macios colados nos meus . Eu o odiava. . .como ele pôde ter feito isso comigo ?! Eu não podia fazer isso com Austinele não me perdoaria . Minha mente estava completamente confusa, 97 % estava enraivecida e 3 % estava em um estranho estado de euforia. Adormeci pensando em LucasAcordei com um barulho de conversa .Abri os olhos e me deparei com Meu pai conversando com o médico. Jus : pai - minha voz saiu em um tom estranho . Wagner: filho ? - ele me olhou com lágrimas nos olhos . - que bom que você acordou - segurou minha mão - que susto você me deu Justin... Jus : o que aconteceu? Wagner: você foi atropelado por uma motocicleta Médico : você teve muita sorte , aparentemente a motocicleta não estava em alta velocidade e o impacto que você sofreu ao colidir a cabeça contra o asfalto não foi muito forte . Wagner : sem contar na urgência que te levaram ao hospital, o rapaz que te viu sendo atropelado, foi seu anjo da guarda. Ele que depois de chamar a samu,foi me avisar que você tinha sofrido o acidente. Jus : que rapaz ? Wagner : O ... tal de Lucas - -Aquele nome me causou um arrepio .- na verdade ele passou a noite toda aqui ...perguntei se os pais dele não iriam ficar preocupados , mas ele disse que não. Aparentemente ele ligou pra eles. Jus : an.. . - parecia que minha garganta estava tapada. Wagner : olha... Ele ainda tá aqui vou mandar ele entrar ...Vou aproveitar pra ligar pra Regina . Jus : An-há - eu não queria vê-lo ,mas se eu dissesse isso a meu pai ,ele iria querer saber o porque e eu não tava afim de dá explicações a ninguém. Aguardei ansioso .Meu coração começou a acelerar, enquanto minha mente me repreendia .E então ele entrou . Seu cabelo castanho estava levemente bagunçado. Suas olheiras denunciavam a noite mal dormida que tivera .O encarei sem reação,sem sentimentos ... Lucas : olha Jus me desculpe, eu não sou gay . - falou um pouco tristonho - É que eu estava me sentindo desprotegido, aí você me deixou desnorteado. Foi um ato idiota de impulso .Me desculpa por favor . Jus : OK - Eu queria lhe dizer o que sentia ,mas minha garganta parecia que estava inchada. Quando eu fazia força pra falar ,eu podia sentir as palavras sendo reprimidas. Lucas : Eu sei que a culpa de você estar aqui é minha. Nunca vou me perdoar por isso. Você poderia estar morto uma hora dessa. E tudo porque eu sou uma pessoa inconsequente ...um idiot... Jus : chega - as palavras foram libertadas - tudo bem ,eu também tive culpa .Não devia ter saído correndo daquele jeito .Fui imaturo. Lucas : Você não foi imaturo .Você só ...
«123»