1. Adestrando Betão (Uma FanFiction) - 15


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: Gays / Homossexual; Gays / Homossexual; Romance; Fanfiction;, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Gordin.leitor, Fonte: CasadosContos

    CAPÍTULO – 15 Rômulo parecia não acreditar no que seus olhos viam, Sarah parecia uma visão em rosa claro e ao mesmo tempo ela não lhe encarou, não lhe reconheceu e aquilo ao mesmo temo que lhe deixou aliviado, também o fez se sentir mal... Ela não lembrava mais dele, enquanto ela estava gravada a ferro e fogo em seus lembranças. - Boa tarde, o Ricardo mora aqui não é? – Ela falou dando uma última olhada em seu celular para em seguida passar as mãos pelos cabelos como se os afofasse. - S-Sim... – Ele deu passagem imediatamente, abaixou a cabeça e o cheiro dela lhe invadiu as narinas com força total. Rômulo olhou em direção a Ricardo que foi receber a amiga com um abraço, os dois falaram algo e em seguida sorriram juntos. - Rômulo, vem cá! – Ele não conseguia sequer pensar direito, seu coração batia na altura da boca com toda a força, os dois se olharam rapidamente e ela sorriu, um lampejo de esperança brotou em seu coração, ele a queria como nunca. – Essa aqui é a Sarah, uma grande amiga minha, esse aqui é o Rômulo, um amigo precioso! – Ricardo falou com um sorriso no rosto. - Tudo bem Rômulo? – Ela lembrou do nome do homem que lhe sequestrou, ela lembrou de toda a situação e a boca daquele atraente estranho era muito parecida com a do homem que lhe marcara há muito tempo atrás. - Sim, tudo bem! – Ele falou com dificuldade, a testa suada. O clima na festa estava descontraído, Beto se dividia em falar com todos os presentes, especialmente com D. Mariana que lhe encheu de ... carinhos aquela tarde, ela nunca julgou o neto ou o seu interesse amoroso por aquele rapaz bronco, e lembrava-se dele com carinho, apesar das histórias que ouvia sobre sua personalidade e periculosidade. Rômulo tentava entabular uma conversa com Sarah, mas estava nervoso demais, Ricardo os olhava com atenção enquanto levava algumas porções de comida para as crianças, os meninos ultimamente preocupavam-se apenas em brincar e aquilo permitiu com que ele se aproximasse mais daqueles meninos. - Eles são adoráveis Ricardo – Ana falou depois de entregar as comidas nas mãos de cada um. – Os dois maiores são uns amores. - São sim! – Ricardo sorriu olhando para aquelas crianças, quando convidou a prima para conhece-los queria realmente que ela se interessasse pelos meninos, mas agora ao vê-la tão interessada nos meninos, seu coração apertou de ciúme. - Eles são órfãos? – Ela perguntou já sabendo da resposta, pois havia conversado com Beto mais cedo. - Sim, são... – Ele falou sentindo o coração apertar – Mas eu e beto... Bom, nós estamos pensando em... – Ele não conseguiu completar, no fundo de sua cabeça uma vozinha dizia que era necessário que aquelas crianças tivessem uma estrutura familiar normal, um pai e uma mãe, aquilo o deixou triste. - Entendo... – Ela falou um pouco decepcionada, mas feliz pelo primo, talvez até com um pouco de inveja. - Bom, é isso! – Mesmo assim ele decidiu conversar com Beto mais tarde. Em outro canto da sala, Rômulo e Sarah conversavam, ele estava feliz de ...
«1234...7»