1. Sobrenatural Cap.3


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: fofo, Romance, Primeira vista, Lembranças, Pensamentos, olhares, Paixão, praça, Historia, garotos, Amor, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Gustavinho, Fonte: CasadosContos

    Cap.3 A surpresa de ver aquele rapaz foi tão grande que eu não consegui nem piscar. Foi paixão a primeira vista. Ele era incrivelmente bonito. Branco, alto, malhado, de olhos azuis, loiro. Parecia ter sido esculpido a mão, de tão bonito. Até minha voz sumiu naquela hora. O olhei de cima abaixo, vestia um short, um sapato, uma regata. Estava lindo. -O que foi que você falou ? - ele se pronunciou, me tirando do transe. -Como é que você sabe o meu nome ? - ele sorriu. -Não sei... Eu apenas sei... -Ã ? - ele riu. -É confuso, mas é isso... Algo me disse que seu nome era Lorenzo, acertei ? - engoli aquilo a seco. -É, acertou... -E, está gostoso o picolé ? -Está... Mas, porquê você está falando comigo ? -Eu vi você aqui sozinho e... Nunca tinha te visto por aqui... Achei que queria falar com alguém... - eu não respondi nada, apenas continuei lambendo o picolé. -E você vem sempre aqui ? -Venho... Sempre... -Nunca te vi aqui também... -Que esquisito, não é ? - falou ele, olhando para mim. -Porquê você está me olhando ? - perguntei, já esperando que aquela maldita mandinga que haviam me jogando fizesse efeito mais uma vez. -Eu não sei... Você parece ser alguém muito interessante... - falou ele, com um ar extremamente sombrio - Quer correr 1 km ? -1 km ? - perguntei, jogando o palito do picolé no lixo – ok... Corri durante alguns segundos do lado dele, calado. Sem saber o que falar, apenas correndo e olhando para ele. Queria saber mais daquele rapaz, que tinha uma imagem sombria dentro ... de si. E uma imagem que em poucos minutos havia me atraido de uma forma que nunca antes havia acontecido. -Affs, cansei... - falou ele, se jogando de novo no banco da praça – preciso treinar mais, ando muito fraco... - falou ele, me arrancando um sorriso. -Imagine se estivesse bem... - falei eu... -O que você disse ? -Não... Nada... -Bem, então, eu preciso ir Lorenzo... Até mais... -Até... - fiquei o acompanhando com os olhos durante alguns segundos, até lembrar-me de algo – espera ! -O que foi ? - falou ele, me olhando. -Você não me disse o seu nome... - ele sorriu. -Nicolas Torres... Até mais... -Até... - continuei a vê-lo andar para longe de mim, o acompanhando com os olhos. Meu coração acelerou. Eu nunca tinha sentido algo tão arrasador desta forma. TEMPO DEPOIS Depois de regressar ao meu apartamento, tomei um bom banho para me recuperar de todo o exercício que havia feito, e fui então comer algo. Preparei um lanche rápido na cozinha, fui então para a sala, ver o que passava na minha televisão. Logo quando começei a comer, o meu cachorro apareceu. -Oi lindinho – dizia, vendo ele subir o sofá e vir até o meu colo – como está ? Comeu sua ração ? - dizia, acariciando o pelo dele. De repente então vi algo ser jogado por debaixo da minha porta – que é aquilo ? - ele viu, e sem precisar eu falar nada andou até lá e trouxe com a boca. Era apenas um papel, com os dizeres “Me apaixonei por você a primeira vista”. Imediatamente enquanto eu li isso, me lembrei daquele rapaz que vi ...
«12»