1. De Patricinha a Puta vulgar


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: forçado, semiestrupo, invasão, Anal, Heterossexual, Autor: JOYCINHA-PE, Fonte: CasadosContos

    cachorra, to so começando, deixa comigo ficou paradinho por uns instantes e disse: -vai mexendo pra se acostumar, Pelo que conheci dele depois, isso foi um gesto ate carinhoso, eu não havia percebido pois estava virada pra o lado inverso ao da janela, a tarde ja estava caindo, fui mexendo aos poucos, quando ele viu que eu comecei a ficar a vontade ele tirou tudo de uma vez e perguntou -O que esta sentindo? eu na inocência: -Um vazio ai que ferrou, levei pau no cu até dizer chega, e nao pude nem mudar de posição quando ele avisou: -É agora e me segurou forte puxando pra ele quando me encheu de porra e eu: -Que porra é essa? ta louco, tu ta sem camisinha?, então ele ironizou: -fica tranquila, órgão excretor não reproduz ACHEI MACHISTA sim, mas era o ultima coisa q eu ia me importar: -E DOENÇA? gritei com ele, e me arrependi ele me apertou o pescoço e disse: -segundo, falei pra não se preocupar, e primeiro, jamais levante a voz pra mim e cuspiu na minha cara, foi o momento mais humilhante que eu ja havia passado, ele me advertiu: -Agora troca de roupa que teu transporte chegou ja eram 18h e eu nao havia visto, nem ouvido a buzina, ele foi na janela e pediu para o motorista esperar um pouco "por favor", pensei "como esse cara pode ser educado com quem nao conhece e comigo ter sido tao bruto? como ainda tava com a roupa "colegial" que ele nem me deixou tirar de tão animal que ele tava, fui ao banheiro liberei a porra dele, coloquei um absorvente pra prevenir qualquer coisa, tava ... com medo mais do cu sangrar que qualquer outra coisa, coloquei a primeira roupa q vi e corri pra o carro, burramente nas pressas ainda disse: -Olha tranca ai a garagem e deixa a chave la onde minha mãe ta, depois temos que conversar serio ele: -Pode deixar meu amor eu não acreditava em tanta cara de pau, entrei no carro e fui fazer minha prova, mas chegando la quem disse que me concentrava? cu ardendo e a professora mandou um substituto com a barba igual a do Lupe, quase voei no pescoço dele, ao sair da prova vi a notificação do whatsapp, nem ia abrir pra não da o gostinho a ele, na epoca ainda nao informava que foi visualizado, mas ja dava pra ver a ultima vez que esteve online, mas sem abrir deu pra ver que ele tinha falado apenas: -Olhe seu email Curiosa, afinal sou mulher né, fui olhar, ele mandou 4 arquivos, no primeiro um exame de DSTs dele que ele havia feito naquela mesma semana, um segundo onde ele apenas explicou -Falei pra ficar tranquila cachorra, eu sou limpo como vc viu, e so fiz desse jeito pq sei que vc tbm é, ta ai os exames do Cris e do Cesar. eu sei que vc so deu pra eles antes de mim, e não entreguei a chave pq nem sua mae nem sua irma estavam mais la e mais uma coisa, nao entre em contato comigo ate o feriado Cris e cesar eram meus ex's, mas onde? como?, quando ele conseguiu isso, fui descobrir depois que havia acontecido um multaram na cidade onde eles haviam feito e como o Lupe é um pouco popular e a cidade é pequena, foi facil conseguir, o feriado seria ...