1. Cadê o Amor? (Parte 6)


    Encontro: 18/06/2017, Categorias: Teens, Beijo surpresa, Raiva, felicidade, Amigos, Amizade Nova, Gays / Homossexual, Gays / Homossexual, Autor: Yuri, Fonte: CasadosContos

    William- Vlw! Catita-Calma kkkk henrinovembro- Também acho rsrs Continuando o conto... Recapitulando -Paula sua vagabunda o que significa isso?-disse eu mostrando a foto para os dois -Olha aqui seu viadinho de merda, não chama Paula de vagabunda!-disse o Rafa querendo me bater -Que isso Yuri, nunca tive assim!-disse a Paula -O Rafa está namorando comigo e vc faz isso!-disse eu para os dois -Eu estava querido, mas descobrir que Paula é tudo de bom, com esse corpo que ela tem impossivel não ama-lá-disse o Rafa abraçando a Paula -É Yu aceita, mas também em vc é um trouxa sabia. Se acha q um homem desse ia amar uma pessoa tão poca como vc! -Paula, eu pensei que vc fosse minha melhor amiga.-disse eu quase chorando -kkkkkk para de ser idiota. Vc nunca foi meu amigo e admito q até gostei,mas deixa pra lá já consegue o que queria namorar com o Rafa! -Sério amor?-disse Rafa -Sim mozão.-disse a Paula Quando ela disse isso o Rafa beijou-a na minha frente, não consegue me segurar e pulei pra cima dele, fui interrompido com dois professores me segurando. A Paula e o Rafa saíram de mãos dadas ai que odio desse dois levantei. Mais novamente me seguraram. -Yuri, o que aconteceu com vc?- disse o professor de história -Nada me larga vou ir beber água. Ele me soltou e fui beber água pra esfriar a cabeça quando estava me acalmando "chegou quem não queria acabou com minha alegria" pensei -Mas que papelão em putinha?-disse o Bernardo -Cala a boca Bernardo! -Todos já sabem quem vc é! -Tô nem ai! ... -kkkkk para de se fazer de forte seu gay! -Tchau Saí sem dizer mais nada e fui até a secretaria e pede pra ir embora e me liberaram. Chegando em casa liguei para o Tulyo pra vir urgente para minha casa. Troquei de roupa e fiquei em sua espera, bateram na porta e fui atender já que era o Tulyo dei um abraço bem forte nele. -O que aconteceu?-ele me perguntou -O Rafa me traiu com minha melhor amiga!-responde já chorando -Ai meu Deus Yuri, vc se machuca pq quer. -Não me dá sermão. - kkkkk estou ti dando conselho, vc sabe que gosto muito de vc-falando isso ele pegou no meu cabelo e me levou até seu ombro -Também gosto de vc como amigo, Tulyo! -Como amigo? -Sim é isso que nós somos! -É... As vezes sempre nasce um amor dentro dessa amizade! -Que papo é esse Tulyo! -O meu papo, Yuri. -Vc tá querendo namorar uma amiga sua? -Sim, mas só que ela não percebe. -Sinto muito! -Admito que sinto mais. Depois de 10 minutos de silêncio. -Yuri, vou ter que sair pq vou arrumar meu quanto. -Tudo bem! -Fica com Deus! Quando o Tulyo saio senti uma imenssa falta dele, querendo que ele fique perto de mim. Devia ser por conta de eu esta sozinho em casa. Fui para o quarto deitei na cama e apaguei só acordei no dia seguinte. -Filho acorda tem escola! -Ai mãe não quero ir hoje! -Vc tem prova hoje, lembra? -É verdade. Levantei, fiz o que tinha que fazer e fui pra escola chegando lá as pessoas me olharam de um jeito estranho parecia q eu era um bicho, cheguei na sala e sentei o professor estava lá entregando ...
«123»